Libertadores

Com tranquilidade, Flu vence novamente o Cerro Porteño em jogo adiado e volta as quartas de final da Libertadores depois de 8 anos

Na noite desta terça-feira (03), com gol de Fred, o Fluminense voltou a vencer o Cerro pelas Oitavas-de-final da Copa Libertadores da América e agora se prepara para enfrentar o Barcelona de Guayaquil nas quartas de final. O jogo que era pra acontecer no dia 20/07, não aconteceu devido ao falecimento do filho do técnico Arce, do Cerro Porteño.

Logo no primeiro minuto os comandados de Roger balançaram a rede dos Paraguaios, mas o gol anotado por Nenê foi anulado pelo árbitro marcando uma falta de ataque cometida por Fred no lance. Parecia que o Flu ia mandar no jogo e ir pra cima pra matar o jogo logo no início, mas nao foi assim que ocorreu, o Cerro ainda assustou o goleiro Marcos Felipe com o atacante Mateus Gonçalves. Apesar do Cerro estar ligeiramente melhor no jogo, quem chegou ao gol foi o Fluminense com o Artilheiro Fred. O atacante tentou dar um chapéu no volante Carrascal, que cortou com a mão. O árbitro assinalou pênalti, que o próprio atacante bateu com categoria e converteu. Mesmo com o gol, o Cerro Porteño continuou melhor no jogo, trabalhando mais a posse de bola e causando certo perigo com Villasanti e Boselli. Ao final do primeiro tempo, apesar da vitória da equipe brasileira, vale destacar a segurança de Manoel e Luccas Claro na defesa tricolor.

Fred comemora gol sobre o Cerro Porteño
Foto: Alexandre Durão

Na segunda etapa, ao invés de tentar matar o jogo, o Fluminense voltou devagar, apenas querendo administrar o jogo, e com isso passando alguns sustos logo aos 2 e depois aos 6 minutos. O time Carioca até tentou ir ao ataque algumas vezes, mas com displicência, desperdiçou boas chances por decisões precipitadas. Pra nao dizer que o Flu não assustou no segundo tempo, aos 20 minutos Luiz Henrique acertou um bom chute no gol de Jean, que fez uma bela defesa. Tirando isso, mais nada de perigo pelo Tricolor. Ao contrário do Cerro que até tentava atacar, mas sem muito ímpeto e desperdiçando as poucas oportunidades que tinham. Roger, que usou todas as 5 substituições para poupar seus jogadores, soube controlar o jogo até o final.

Gabriel Teixeira teve atuação discreta contra o Cerro
Foto: Divulgação/Conmebol

As quartas-de-final já ocorrem na próxima semana. O primeiro jogo do Tricolor contra o Barcelona será no Maracanã no dia 12/08 enquanto o jogo de volta no Equador será uma semana depois no dia 19.

O Fluminense, que volta as quartas-de-final após 8 anos quando foi eliminado pelo Olímpia em 2013, sonha em voltar a Final da competição, feito este que ocorreu em 2008, quando perdeu pra LDU em pleno Maracanã.