Olimpíadas

COB critica jogadores da seleção de futebol e CBF pelo não uso do agasalho no pódio

Getty Images

A imagem dos jogadores da seleção brasileira de futebol no pódio sem a parte de cima do uniforme oficial criado para as Olímpiadas de Tóquio 2020, não agradou o COB, que criticou a atitude dos jogadores e da CBF por priorizarem a camisa da seleção brasileira.

“O Comitê Olímpico do Brasil repudia a atitude da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e dos jogadores da seleção de futebol durante a cerimônia de premiação do torneio masculino.

No momento, as energias do Comitê estão totalmente voltadas para a manutenção dos trabalhos que resultaram na melhor participação brasileira na História das Olimpíadas.

Por este motivo, apenas após o encerramento dos Jogos o COB tornará públicas as medidas que serão tomadas para preservar os direitos do Movimento Olímpico, dos demais atletas e dos nossos patrocinadores”.

O comitê pretende ir a justiça contra a CBF pelo não uso do agasalho

-O COB está satisfeito com o desempenho do futebol, conquistamos o bicampeonato olímpico. Estamos extremamente satisfeitos com a performance da equipe, mas lamentamos a atitude dos atletas no pódio. Lamentamos a atitude da Confederação Brasileira de Futebol na condução do caso. Agora, ele sai da esfera esportiva e entra em uma esfera jurídica que vai ser inserida pela área jurídica – disse Joge Bichara, diretor de esportes em coletiva de imprensa do COB em Tóquio. A CBF ainda não se manifestou sobre o assunto.

O nadador Bruno Fratus criticou os atletas da seleção e da Confederação

Imagem de Internet
Twitter Bruno Fratus

Categorias:Olimpíadas

1 resposta »