Copa do Brasil

Fluminense sofre novo bloqueio no caso Thiago Gosling

85% da premiação do Fluminense de R$ 2.910.143,68 por ter avançado para as quartas de final da Copa do Brasil, está bloqueado para pagamento de dívidas a Thiago Gosling, ex-jogador das Laranjeiras, por decisão da juíza Lila Carolina Mota Pessoa Igreja Lopes, da 46ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1). A ação tramita desde 2006.

Divulgação CBF

“Defiro o requerimento do autor. Expeça-se ofício à Confederação Brasileira de Futebol – CBF, (…) e , determinando (…) bloqueio e a consequente transferência, colocando à disposição da 46ª VT/RJ, o valor correspondente à premiação a ser paga ao FLUMINENSE FOOTBALL CLUB pela classificação na Copa do Brasil, até o limite da presente execução (R$ 2.910.143,68)”, 

Esse é o segundo bloqueio que o Fluzão sofre nesse processo, a primeira aconteceu em 2013, na época o valor foi de R$600 mil reais. O ex-zagueiro acionou a justiça porque o time das Laranjeiras deixou de pagar seu salário que era de R$50 mil e não acionou o INSS, durante período em que Thiago Gosling, esteve lesionado.

O atleta jogou pelo Fluminense de 2005 até 2006.

Categorias:Copa do Brasil, Futebol Brasileiro

Marcado como: