Campeonato Brasileiro Masculino

Galo se isola na liderança, São Paulo e Flamengo vencem e Inter e Corinthians convencem na 16ª rodada do Brasileirão

O Atlético-MG venceu o Palmeiras pela 16ª rodada do Brasileirão e se isolou na liderança do torneio. O São Paulo venceu o Grêmio, enquanto o Flamengo venceu o Sport. No duelo entre gaúchos e cariocas, o Internacional goleou o Fluminense por 4 a 2, enquanto na Neo Química Arena, o Corinthians venceu de forma convincente o Ceará, com direito a gol do estreante Renato Augusto.

Veja os jogos e a classificação completa abaixo:

Arte/ESF

Red Bull Bragantino 1 x 2 Juventude

Abrindo a 16ª rodada do brasileirão, o Bragantino recebeu o Juventude com o time reserva em virtude do jogo pela Copa Sul-americana no meio de semana. No primeiro tempo o time gaúcho apertou a saída de bola do Bragantino, ameaçando o gol de Júlio Cesar. Mesmo com dificuldade, conseguiu abrir o Placar com Helinho, batendo de fora da área no canto do goleiro Marcelo Carné. Após o gol do Massa Bruta, o jogo até ficou mais equilibrado, mas sem muitas oportunidades. No segundo tempo o Juventude melhorou o seu posicionamento, começou a atacar mais, enquanto o Bragantino não conseguiu criar jogadas. O Juventude tentou em duas oportunidades, uma com Ricardo Bueno e outra com Paulinho Boia, ambas defendidas por Júlio Cesar. Aos 28 minutos, Wagner aproveitou o rebote da zaga e mandou pro gol, empatando a partida. 5 minutos depois, A zaga do Bragantino fez uma lambança e a bola sobrou pro mesmo Wagner bater por cobertura e virar a partida para o Juventude. Depois do Gol o Bragantino se lançou ao ataque pra tentar empatar, mas sem sucesso. Final de Jogo, Bragantino 1 x 2 Juventude e o time gaúcho consegue a sua primeira vitória fora de casa nesse Brasileirão.
Na próxima rodada, o Bragantino vai a Belo Horizonte enfrentar o América-MG, mas antes disso o Massa Bruta recebe o Rosario Central pela Copa Sul-americana para o jogo de volta, na primeira partida, vitpria por 4×3 na Argentina. O Juventude por sua vez recebe o Fortaleza no Alfredo Jaconi.

 

Atlético-MG 2 x 0 Palmeiras

No principal confronto da rodada, Atlético Mineiro vence o Palmeiras e se isola na liderança do Brasileirão.

Jogando em casa, foi o Atlético quem tomou a iniciativa de ir ao ataque do início ao fim. Enfrentou muita dificuldade no 1⁰ tempo, pois o Palmeiras manteve uma estrutura defensiva sólida esperando o erro dos alvinegros para já partir para o contra-ataque. A equipe do Palmeiras teve muita dificuldade quando esteve com a bola, pois Scarpa não conseguiu se conectar bem com os atacantes do time. Do lado do Atlético, um volume ofensivo muito intenso do início ao fim, principalmente depois da expulsão de Patrick de Paula que tomou dois amarelos. O primeiro gol saiu após Guilherme Arana cruzar na cabeça de Savarino, que deixou a marcação de Piquerez para trás e mandou para o fundo da rede.

No segundo tempo, o jogo de ataque x defesa se manteve. Com um a mais, o Atlético ocupou o campo do rival e ali permaneceu até o fim da partida. Com quatro mudanças e Rony espetado na frente com esperança de ter um contra-ataque a favor, o Palmeiras pouco criou. O gol que matou o jogo saiu novamente após cruzamento de Arana, dessa vez rasteiro, que encontrou mais uma vez Savarino livre na área para fechar o placar.

O Atlético Mineiro agora é líder do Brasileirão com 5 pontos de vantagem para o Palmeiras, segundo colocado.

 

São Paulo 2 x 1 Grêmio

Em duelo equilibrado, São Paulo vence, se afasta da degola e afunda Grêmio no Z-4.

Na noite do último sábado (14), São Paulo e Grêmio se encontraram no Morumbi e o São Paulo se saiu vencedor num jogo disputado do início ao fim.

No primeiro tempo, os dois times tiveram boas chances, mas os gols saíram em cobranças de falta, uma para cada lado. Vitor Bueno para o São Paulo e Vanderson para o Grêmio.

No segundo tempo, Crespo colocou alguns titulares a campo para partir em busca da vitória. A etapa complementar foi de amplo domínio do São Paulo sobre o Grêmio, que tentava sair em contra-ataques, mas foi muito pouco efetivo. Após cruzamento de Rigoni, Igor Gomes mandou para o fundo da rede aos 47 do segundo tempo, aliviando o tricolor paulista na tabela e aprofundando o drama gremista no campeonato.

O São Paulo está na 14ª colocação, com 18 pontos e o Grêmio está em 19⁰, com 10.

 

Flamengo 2 x 0 Sport

Flamengo domina o Sport e cola no G4

Na tarde do último domingo (15), o Flamengo recebeu o Sport em Volta Redonda(Maracanã está fechado para manutenção do gramado) e dominou os visitantes com tranquilidade, garantindo mais 3 pontos na disputa do Brasileirão e encostando nos 4 primeiros da tabela.

A tônica do jogo inteiro foi o Flamengo sempre marcando presença no campo do Sport. Fazendo mais uma vez uso do jogo de mobilidade implantado pelo técnico Renato Gaúcho, os jogadores de ataque do time do Flamengo tiveram muita facilidade para chegar ao gol do time pernambucano. O primeiro gol saiu após cruzamento de Arrascaeta pela esquerda, que viu Bruno Henrique infiltrando na área e colocou a bola na cabeça do atacante, que mandou para o fundo da rede. Bruno é artilheiro do campeonato até aqui, com 8 gols marcados. O Sport só ofereceu perigo com um cabeceio contra de Pedro após falta cobrada por Thiago Neves, lance que terminou em grande defesa de Diego Alves.

No segundo tempo, a postura do Flamengo foi a mesma. E com um minuto da etapa complementar, após troca de passes no lado direito entre Isla, Everton Ribeiro e Arrascaeta, Everton Ribeiro fechou o placar após passe de Isla. O Flamengo chegou ao ataque novamente várias vezes ao longo do 2⁰ tempo, mas desperdiçou muitas chances com Pedro, Michael Vitinho. A única chance de perigo do Sport foi um chute de Zé Welison, que após a defesa de Diego Alves, a bola subiu e bateu no travessão.

 

Corinthians 3 x 1 Ceará

Neste último domingo (15), o Corinthians venceu a equipe do Ceara pelo placar de 3 a 1. Os anfitriões contaram com a estreia do meio-campista Renato Augusto.

Sem dúvidas o grande nome do jogo foi o garoto Adson, autor de dois, ajudando a equipe paulista a controlar o jogo.

A partida ainda contou com dois golaços, marcados por Renato Augusto e Rick, para Corinthians e Ceara, respectivamente.

Pela próxima rodada, a decima sétima, o Corinthians viaja para enfrentar o Athletico Paranaense, enquanto o Ceará recebe o Flamengo.

 

Fortaleza 1 x 1 Santos

Em partida jogada no estádio do Castelão, Santos e fortaleza realizaram um grande jogo. No primeiro tempo muito disputado, as equipes saíram com um empate, com gols de Lucas Crespim e Carlos Sanches,para fortaleza e Santos, respectivamente.

Já o segundo tempo, o jogo foi marcado por uma dominância do leão sobre o peixe e ainda contou com o var dando as caras após dois gols anulados e um pênalti marcado, este último que foi defendido pelo arqueiro santista.

 

Bahia 1 x 2 Atlético-GO

A partida, que terminou com o Atlético-GO vencendo por 2×1 e que ocorreu em Pituaçu, começou calma, com nenhuma das duas equipes criando jogadas que resultavam em grandes chances, mas o Bahia foi se desenvolvendo aos poucos, tanto que aos 25 minutos do primeiro tempo, Gilberto arrumou confiança e resolveu arriscar de longe do gol e como Fernando Miguel não conseguiu defender, a bola acabou entrando.

No inicio do segundo tempo, o time da casa dominou a posse de bola criou jogadas ofensivas para confirmar a vitória, mas não aproveitou, enquanto os visitantes aproveitaram para se desenvolverem na partida e serem mais ofensivos, aos 9 minutos, o ex-tricolor Zé Roberto aproveitou um cruzamento para dar uma cabeçada e empatar a partida seis minutos depois, João Paulo interceptou um lançamento de Matheus Teixeira, invadiu a grande área e virou o placar para o rubro-negro

 

Cuiabá 1 x 0 Athletico-PR

Em Cuiabá, o time da casa recebeu o Athlético-PR com um time misto, com vários reservas, precisando vencer pra sair da Zona de Rebaixamento. Mesmo com um time praticamente reserva, o Furacão conseguiu segurar o ímpeto dos Dourados e inclusive teve a melhor oportunidade de marcar na primeira etapa com Carlos Eduardo cabeceando pra fora. O Cuiabá apostava nos contra ataques, jogando de forma cautelosa. Ao final do primeiro tempo, o time mato-grossense teve mais finalizações, mas sem muito perigo. Na segunda etapa, O Athlético voltou com três titulares pra tentar vencer a partida, mas quem foi melhor foi o Cuiabá, que, aos 15 minutos, Pepê arriscou de fora da área, a bola bateu na zaga e caiu no pé de Clayson, que só ajeitou para o pé direito ee bateu rasteiro no canto do goleiro Santos. Isso fez com que o Rubro-Negro fosse pra cima, mas sem nenhuma efetividade e organização. Levando susto somente aos 43 minutos quando Renato Kayzer aproveitou de uma falha da defesa pra bater, mas por cima do gol de Walter. Final de jogo Cuiabá 1 x 0 Athlético-PR e com isso, os Dourados saem da Zona de Rebaixamento enquanto o Furacão estaciona na 6ª posição.
Na próxima rodada o Cuiabá vai pra São Paulo enfrentar o Palmeiras, mas antes disso tem um confronto contra o Grêmio em jogo adiado da 4ª rodada. O Furacão recebe o Corinthians em Curitiba no próximo final de semana, mas antes recebe, também em Curitiba a LDU pelo jogo de volta da Sul-Americana, no primeiro o Time Paranaense perdeu por 1×0 em Quito.

 

Internacional 4 x 2 Fluminense

No Beira-Rio, o Internacional começou o jogo partindo pra cima e já buscando o gol, que saiu aos 7 minutos, quando Edenílson aproveitou um cruzamento para acertar uma cabeçada e abrir o placar. O colorado continuou buscando jogadas ofensivas até o apito final da etapa inicial, enquanto o Fluminense tinha dificuldade para sair jogando, mas aos 44, Yago Felipe recebeu um passe, tocou de primeira na saída de Daniel e empatou a partida.

No inicio do segundo tempo, o tricolor se deixou inspirar pelo gol, passou a desenvolver melhor suas jogadas e criar chances, mas também teve que lhe dar com a defesa do time da casa, que investiu em marcações agressivas para pressionar os visitantes, estratégia que deu certo aos 13, quando ocorreu um cruzamento que resultou em um gol de Yuri Alberto, que se esticou para acertar a bola.

Os cariocas não desistiram, utilizaram substituições em busca de mais leveza em campo e continuaram montando jogadas de ataque, sempre buscando o empate, que veio aos 38, quando após Rodrigo Dourado afastar um cruzamento resultado de cobrança de escanteio, Egidio recuperou a bola e fez um lançamento para Nino, que empatou a partida mais uma vez. Nos acréscimos, os gaúchos fizeram dois gols e garantiram a vitória por 4×2.

Em um momento onde Fluminense tentou se fechar buscar mais contra-ataques, Edenílson voltou a receber um cruzamento na grande área e aproveitou para fazer mais um gol de cabeça aos 47, dois minutos depois, o Inter armou um contra-ataque que resultando em  Paolo Guerrero recebendo um passe de Palácios, avançando a grande área e fazendo o quarto gol.

 

Chapecoense 1 x 1 América-MG

O jogo começou de forma truncada, em Chapecó. Alan Ruschel chegou até a ser expulso, mas o VAR acabou anulando o cartão vermelho. Os visitantes até assustaram primeiro, com Chrigor, mas acabou errando o alvo. A Chape respondeu com Geuvânio, mas também mandou para fora. O jogo teve pouco trabalho para os goleiros e a ida para o intervalo se deu ainda com o zero no placar.
Já na etapa final, o América voltou buscando sair com a vitória. No primeiro lance, Felipe Azevedo chutou por cima da meta. O Verdão acabou ficando com um a menos após expulsão de Kadu, e, no mesmo lance, acabou sofrendo o gol. Ademir cruzou para Eduardo Bauermann empurrar para as redes. O lance, porém, foi anulado pelo VAR, já que o zagueiro estava em posição de impedimento. Com a vantagem numérica, o Coelho seguiu pressionando. Apesar disso, quem abriu o placar foi a Chape, aos 41 minutos, com Anderson Leite. O empate veio tardio, aos 48 minutos, com Rodolfo, que decretou o placar final da partida na Arena Condá.

A Chape abre a 17ª rodada do Brasileirão, no sábado, contra o Atlético-GO, em Goiânia, no estádio Antônio Accioly. O América-MG entra em campo na segunda-feira, às 20h, quando recebe o Red Bull Bragantino, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

 

Confira a classificação completa do Brasileirão:

Arte/ESF