Últimas Notícias

Flamengo, Barcelona, Palmeiras e Atlético-MG, farão as semifinais da Libertadores

O Fluminense não conseguiu passar pelo Barcelona de Guayaquil e deu adeus a libertadores oito anos depois de retornar a competição.

Com o 2 a 2 do primeiro jogo, o Fluzão precisaria ganhar de três gols de diferença ou repetir o primeiro resultado para levar o jogo para os pênaltis.

O Fluminense teve maior posse de bola (72%), duas boas chances para tirar o zero do placar com Samuel Xavier e Ganso. Ao término do primeiro tempo foram cinco finalizações e 72% de posse de bola.

O time voltou para o segundo tempo e um lance gerou muita reclamação dos tricolores, lance que poderia ter levado o jogo para os pênaltis. Aos 2 minutos, Fred foi derrubado na área, o VAR e o juiz mandaram o jogo seguir. O time continuou buscando jogo, porém quem abriu o placar foi o Barcelona, aos 27 com Mastriani que recebeu uma linda bola de Hoyos.

Após o gol, o Flu tentou acelerar o jogo, mais o Boca teve as melhores chances. Nos acréscimos, Kayky perdeu uma excelente chance para o Fluminense, que chegou ao empate aos 51 minutos. O VAR chamou o juiz para revisar um lance, Fred bateu bem, deslocou o goleiro e deixou tudo igual, quando apitou pela última vez o juiz, colocando um fim no sonho dos tricolores de avançar para a semifinal e quem sabe ser campeão da Libertadores 2021.

As semifinais ficaram assim:

Imagem ge.globo