Campeonato Brasileiro Masculino

Após demitir Roger Machado, Fluminense efetiva Marcão como técnico da equipe

O Fluminense anunciou, na tarde deste sábado (21) a efetivação do auxiliar Marcão, como técnico até o final da temporada 2021. A ação aconteceu horas depois do anúncio da demissão de Roger Machado.

Após reunião entre o presidente Mário Bittencourt, o diretor de futebol Paulo Angioni e demais membros da cúpula do futebol do clube, ficou decidido que Marcão ficaria até o fim da temporada. As boas passagens do ex-volante em situações semelhantes nos últimos dois anos, credenciaram a volta de forma “interina” do auxiliar.

A diretoria efetivou o nome de Marcão com base nos objetivos alcançados pelo treinador em suas recentes passagens no comando do time. Em 2019, ele ajudou a equipe a escapar do rebaixamento e ainda a chegar à Copa Sul-Americana. Em 2020, assumiu após a saída de Odair Hellmann. Não só manteve o bom nível do trabalho anterior como ainda conseguiu melhorar a performance do time, com aproveitamento de 59,5%

Fluminense

Essa será a terceira passagem de Marcão como técnico da equipe. A última vez foi quando Odair Hellmann deixoi o Flu para comandar o Al Wasl. A outra oportunidade foi em 2019, após a demissão de Oswaldo de Oliveira. Marcão também foi interino em duas vezes em 2016, e outra em 2019.

Marcão como técnico do Fluminense:

  • Temporada 2020: 19 jogos (9 vitórias / 5 empates / 5 derrotas)
  • Temporada 2019: 18 jogos (7 vitórias / 7 empates / 4 derrotas)
  • Temporada 2016: 6 jogos (2 vitórias / 2 empates / 2 derrotas)