América do Sul

Rogerio Ceni recebe proposta para treinar seleção da Venezuela

Na última sexta-feira (20), o presidente da FVF (Federação Venezuelana de Futebol) Jorge Giménez, anunciou que o técnico português José Peseiro pediu demissão do cargo de treinador da seleção da Venezuela, que era treinada pelo seu agora ex-treinador desde fevereiro de 2020. José Peseiro justificou que o motivo da sua saída foi o atraso de salários, que alcançou a marca de 14 meses.

Sem um substituto definido, um dos técnicos que agrada à cúpula foi o brasileiro Rogério Ceni, que está livre desde a sua saída do flamengo, no início de julho. Conforme o site “Goal”, o técnico foi procurado e recebeu um convite da FVF para assumir a equipe nacional do país sul-americano, mas ainda não confirmou se, de fato, aceitará o desafio.

Após ter se aposentado do trabalho de goleiro em 2015, Rogério Ceni iniciou a carreira de treinador no são paulo, mas começou a conseguir destaque comandando o fortaleza, clube onde teve duas passagens e conquistou um campeonato brasileiro — serie B, uma copa do Nordeste e dois campeonatos cearenses. No flamengo, conquistou um campeonato brasileiro- Serie A, um campeonato carioca e uma supercopa do Brasil.

No caso da seleção venezuelana, os próximos compromissos serão pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022, contra a Argentina (02/09), Peru (05/09) e Paraguai (09/09).