Últimas Notícias

US Open: Segunda fase com Medvedev, Rublev e Tsitsipas confirmando favoritismo; No feminino, Osaka passa de fase sem jogar

Nesta Quarta, tivemos o início da segunda fase do US Open em Nova York. No Masculino, Medvedev enfrentou o alemão Dominik Koepfer e venceu por 3 sets a 0, parciais de 6/4, 6/1 e 6/2. O Placar foi tranquilo e o jogo também, Medvedev foi avassalador pra cima de Koepfer, que ate tentou reagir, mas prevaleceu a experiencia e qualidade do Numero 2 do mundo.

Andrey Rublev – Foto: Peter Staples/USTA

Mais cedo, Andrey Rublev tambem venceu o seu jogo, os dois primeiros sets muito duros, ambos terminando no Tie Break, um pra cada lado. Já no terceiro e quarto set, Rublev mostrou porque é sétimo do ranking aos 23 anos e ganhou com autoridade com duplo 6/1. Agora o russo vai enfrentar o norte-americano Frances Tiafoe na próxima fase

Quem não conseguiu desempenhar um bom papel foi Grigor Dimitrov, o búlgaro acabou sofrendo uma lesão no pé no terceiro set e abandonou a partida, dando lugar ao Australiano Alexei Popyrin na próxima fase.

Carlos Alcaraz – Foto: Reprodução/US Open

Ainda no masculino tivemos dois jovens jogadores que avançaram a terceira fase. O espanhol Carlos Alcaraz, estreante de 18 anos no Grand Slam, teve mais um bom jogo e ótimo resultado ao eliminar o francês Arthur Rinderknech por 3 sets a 1. Outro jovem que avançou tambem foi o Canadense Felix Auger-Aliassime, de 21 anos, que eliminou o espanhol Bernabe Zapata Miralles e agora enfrenta outro espanhol, Roberto Bautista Agut, numero 21 do ranking. Uma surpresa foi a eliminação de Casper Ruud, o Norueguês foi eliminado pelo holandês Botic Van de Zandschulp (117º do ranking).

Felix Auger-Aliassime está feliz em ver a diversidade nos Grand Slams, mas pediu mais a ser feito
Felix Auger-Aliassime – Foto: Getty Images

Finalizando o dia de jogos no Masculino tivemos o numero 3 do ranking em campo. O Grego Stefanos Tsitsipas Venceu o francês Adrian Mannarino. Em um jogo onde o grego bateu seu record de Aces em um jogo, 22, viu um adversário muito técnico e tentando explorar suas maiores deficiências, como o voleio de esquerda por exemplo. Tsitsipas conseguiu controlar o jogo e vencer os dois primeiros sets por 6/3 e 6/4. No terceiro set, Mannarino abusou da técnica e conseguiu igualar a partida, levando ao Tie Break. Com boas trocas e fazendo o grego se movimentar bastante, venceu o Tie Break e levou para o quarto Set. No quarto Set, Mannarino sentiu uma lesão no joelho esquerdo e claramente afetou o seu jogo, com muitos erros nao forçados acabou sendo atropelado no set derradeiro, levando um Pneu, 6/0. Final de jogo Tsitsipas 3 sets a 1. O Grego agora enfrenta a jovem promessa Carlos Alcaraz na próxima fase.

Stefanos Tsitsipas – Foto: Divulgação/US Open

Na chave feminina não tivemos muitas surpresas. As principais jogadoras passaram de fase. Naomi Osaka, terceira do Ranking nem precisou jogar. Sua adversaria acabou desistindo por conta do desgaste físico. A numero 2 do ranking, Aryna Sabalenka, também passou de fase, mas não precisou de muito esforço pra passar de fase. Ao vencer a Elsovena Tamara Zidansek por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1.

US Open 2021: Aryna Sabalenka through with easy win over Tamara Zidansek |  Tennis-Addict
Aryna Sabalenka – Foto: Divulgação/US Open

A Ucrânia, Elina Svitolina (5 º do ranking) venceu a espanhola Rebeca Masarova por 2 sets a 0, com um pouco de dificuldade no segundo set, mas conseguiu superar e passar de fase. Outra Top 10 que passou de fase foi a Tcheca Barbara Krejcikova, que fez uma partida muito boa e passou tranquilamente pela Norte-Americana Christina McHale.

Chuva forte e muito vento obriga a Organização a adiar alguns jogos

Muita chuva e vento em Nova York e acabou adiando alguns jogos pra amanhã. Uma suspeita de Tornado também está deixando a cidade em alerta para os próximos dias.

Foto: Divulgação/US Open

Nesta quinta (02), teremos Djokovic e Ashleingh Barty de volta as quadras. Djoko é o único jogador no masculino que já foi campeão do torneio, qualquer outro que seja, será inédito. No feminino, temos a Japonesa Naomi Osaka defendendo o título em quadra.