Últimas Notícias

US Open: Quartas de final definidas

Neste domingo (05), tivemos o início das Oitavas de final do último Grand Slam do ano. Medvedev vence com tranquilidade mais uma vez, o jovem Alcaraz, de 18 anos, chega as quartas de final e iguala feito do Brasileiro Thomaz Koch, que chegou as quartas de final do torneio com 18 anos em 1963. Leylah Fernandez também faz história chegando as quartas de final. Após eliminação de Barty, Sabalenka garante vaga nas quartas e segue como favorita a conquista.

Simples Masculino

Daniil Medvedev
Daniil Medvedev despacha britânico e está nas quartas de final do US Open -  Surto Olímpico
Daniil Medvedev – Foto: Manuela Davies/USTA

No primeiro jogo do dia, já tivemos o Russo Daniil Medvedev confirmando seu favoritismo em jogo sem maiores dificuldades contra o Britânico Daniel Evans, algoz do brasileiro Thiago Monteiro, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/3. Daniil mostrou que está com sede de vencer o seu primeiro Grand Slam, ele que já bateu na trave uma vez, vem atropelando os adversários. Neste jogo com Evans, converteu 13 aces, e quebrou o saque do Britânico em 5 ocasiões. Medvedev agora enfrenta o holandês Botic van de Zandschulp, que bateu o argentino Diego Schwartzman.

Botic van de Zandschulp
TenisBrasil - Medvedev faz quartas e terá surpreendente holandês
Botic van de Zandschulp – Foto: Divulgação/US Open

O Jogo entre o Holandês Zandschulp e o argentino Schwartzman foi muito intenso. Com trocas de quebras nos dois primeiros sets o holandês levou a melhor e com parciais de 6/3 e 6/4, abrindo 2 a 0 no confronto. Mas o argentino queria jogo e mostrou que estava disposto a correr atrás, e com uma quebra em cada set seguinte, empatou a partida em 2 a 2 vencendo com duplo 7/5. No quinto set, a preparação física falou mais alto, mais inteiro no jogo, Zandschulp, que converteu 15 aces durante toda a partida, aumentou seu ritmo, e quebrando o saque de Schwartzman em 2 ocasiões, fechou o set com parcial de 6/1, encerrando assim a partida por 3 sets a 2.

Carlos Alcaraz
Carlos Alcaraz – Foto: Divulgação/US Open

No outro confronto definido das quartas teremos o jovem espanhol Carlos Alcaraz, que eliminou o alemão Peter Gojowczyk por 3 sets a 2. O espanhol que já havia eliminado o grego Tsitsipas na fase anterior, voltou a jogar com muita intensidade com Gojowczyk. Ainda com muito a aprender, cometendo alguns erros não forçados, mas com muito empenho e qualidade nas trocas de bola, o pupilo de Juan Carlos Ferrero mostrou uma preparação muito forte pra vencer o alemão. Nos sets vencidos pelo alemão, a jovem promessa do tênis não vendeu fácil, com duas parciais de 7/5, o experiente tenista precisou suar muito a camisa pra conter o ímpeto do jovem. Mas no quarto set, o lado físico falou mais alto, e Peter Gojowczyk, visivelmente estava desgastado, não chegando em bolas cruzadas mais longas. Sendo assim, o jovem Alcaraz, que venceu os seus sets comparciais de 6/1, 6/2 e 6/0, venceu a partida e chegou as quartas de finao do US Open, igualando o feito do Brasileiro Thomaz Koch em 1963 neste mesmo torneio. Em torneios de Grand Slam, não tínhamos um jovem assim nas quartas desde 1990, quando o Norte Americano Michael Chang chegou as quartas de Roland Garros. Alcaraz agora enfrenta outro jovem, o Canadense Felix Auger-Aliassime, que venceu o Norte americano Frances Tiafoe.

Felix Auger-Aliassime
Felix Auger-Aliassime – Foto: Divulgação/ US Open

Em um jogo com apenas 4 quebras de saque, Frances Tiafoe e Felix Auger-Aliassime jogaram com muita intensidade. No primeiro set Tiafoe começou mais agressivo, sacando forte e encaixando belas jogadas. Durante o primeiro set, Tiafoe conseguiu sua única quebra de saque pra cima de Aliassime, Com isso fechou o set em 6/4. A partir do segundo set, o jovem de 23 anos e numero 15 do ranking começou a reagir e com duas quebras de saque, venceu por 6/2. No terceiro set tivemos um tie break emocionante, com muita troca de golpe, os dois acertando e ganhando seus games quando sacavam. Apenas no tie break que Aliassime tomou a frente e mesmo com dificuldade, fechou em 7/6. No quarto set da partida, Aliassime voltou acertando tudo e com mais uma quebra de serviço venceu por 6/4 e fechou a partida em 3 sets a 1. Aliassime que durante todo o jogo, converteu 24 aces, vai encarar a sensação do torneio, Carlos alcaraz, como informamos anteriormente.

Lloyd harris
Lloyd Harris – Foto: Richard Osborn

O Sul Africano Lloyd Harris ja garantiu sua melhor temporada em um Grand Slam ao vencer o Norte-americano Reilly Opelka por 3 sets a 1 de virada. O Primeiro set, vencido por Opelka, terminou no Tie Break, com vitória do Americano por 8 a 6. No segundo Set Harris Começou a quebrar os saques de Opelka, com parciais de 6/4, 6/1 e 6/3, o Sul Africano, mostrou que está empenhado em querer continuar com sua caminhada para o melhor Grand Slam da sua carreira. Com um total de 36 aces, e 6 quebras de saque, Lloyd Harris venceu e agora enfrenta o alemão Alexander Zverev, que venceu Jannik Sinner nas oitavas de final.

alexander zverev
Alexander Zverev – Foto: Divulgação/US Open

O Alemão Alexander Zverev fez uma partida rápida contra o jovem italiano Jannik Sinner, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/4 e 7/6, em apenas 2h28 de jogo. Com isso o alemão chega a 15 vitorias consecutivas no circuito. Ele que foi vice campeão em 2020, busca seu primeiro titulo em Grand Slam. O jogo em si, mesm oque rápido, foi bem parelho, com boas trocas e poucas quebas de saque, apenas 3 para Zverev e 1 para Sinner, mas o que realmente fez a diferença na partida foi o numero de aces convertidos pelo alemão, 17. No set derradeiro, Sinner ainda teve 3 match points, mas Zverev conseguiu se recuperar e na primeira oportunidade fechar o jogo.

matteo berrettini
Matteo Berrettini – Foto: Andrew Ong/USTA

O italiano Matteo Berrettini chega pela terceira vez seguida em uma quartas de final em um Grand Slam. Ao vencer o alemão Oscar Otte por 3 sets a 1 com parciais de 6/4, 3/6, 6/3 e 6/2. O jogo foi bem equilibrado, o italiano buscou criar chances desde o inicio da partida, com 4 quebras de saque durante o jogo todo. O alemão até teve chance de break point no primeiro set, mas não converteu. No segundo set, Otte conseguiu igualar o jogo com o italiano e fez um set impecável, quebrando o saque de Berrettini logo no início, abrindo 3/0. Conseguiu manter o ritmo e vencer por 6/3. Nos sets seguintes, Berretini voltou ao domínio da partida, mesmo com dificuldade, conseguiu finalizar a partida. Devemos levar em consideração a lesão no punho de Otte no quarto set, que atrapalhou muito o alemão quando tentou reagir. Berrettini enfrenta nas quartas nada menos que o numero 1 do ranking, Novak Djokovic.

novak djokovic
Novak Djokovic – Foto: Divulgação

O número 1 do mundo começoou o jogo com o norte-americano tendo um pouco de dificuldade e estudando o jogo de Jenson Brooksby. No primeiro set encontrou certa dificuldade, cedendo 3 quebras de saque. Brooksby fechou o primeiro set em 6/1. No segundo set, Djocko mostrou a sua qualidade e porque é o numero 1 do mundo, dominando a partida, fazendo o americano correr bastante durando os games. Com 6 quebras de saque nos 3 sets finais, o sérvio passou tranquilamente com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2 nos sets finais. Djokovic volta a enfrentar Matteo Berretini, já que eles decidiram o torneio de Wimbledon ainda este ano, onde o sérvio levou a melhor. Djoko segue sua caminhada pra conseguiu ultrapassar o feito de Nadal e Federer, conquistando 21 Grand Slam’s, Ele também busca vencer os 4 principais torneios do ano em uma só temporada. Outro fato difícil de acontecer.

Simples Feminino

Elina Svitolina
Elina Svitolina - US Open 2021
Elina Svitolina – Foto: Getty Images

No primeiro jogo da chave, a Ucraniana Elina Svitolina Venceu a romena Simona Halep por 2 sets a 0, com parciais 6/3, 6/3. O jogo teve um início equilibrado, com Halep quebrando o saque e sacando para abrir 3/1, mas Svitolina conseguiu devolver a quebra, e voltar a frente pra vencer o primeiro set com parcial de 6/3. Com um bom aproveitamento nos seus saques, Svitolina viu Halep se recuperar da mesma forma no segundo set, mas Halep nao soube aproveitar e virar o jogo. Svitolina seguiu a frente, conseguiu mais uma quebra de saque e fechou em 6/3 novamente. Svitolina agora enfrenta a sensação do torneio Feminino, Leylah Fernandez, que após eliminar Naomi Osaka, passou para as Oitavas eliminando a alemã Angelique Kerber.

Leylah Fernandez
Leylah Fernandez – Foto: Brad Penner/USTA

A canadense Leylah Fernandez fez mais uma vítima do seu jogo acelerado e de muita movimentação. No primeiro set, a Alemã Angelique Kerber levou a melhor, com 3 quebras de saque contra apenas 1 de Fernandez, Kerber fechou o primeiro set com parcial de 6/4. No segundo set, a ex numero 1 do mundo saiu na frente, abrindo 3/1, mas deixou a jovem canadense chegar e virar o jogo. Fernandez ainda teve um set point quando o set estava 5/5 a seu favor, mas a alemã venceu o game, levando para o tie break. No Tie Break, Leylah foi melhor e venceu por 7 a 5, fechando o set em 7/6. No terceiro set, a juventude prevaleceu. Após um inicio equilibrado, a parcial chegou a ficar 2/2 empatada, mas a canadense quebrou duas vezes o saque da alemã e antes de fechar o jogo, salvou uma quebra pra fechar em 6/2. Final de jogo, 2 sets a 1, e agora Fernandez encara Elina Svitolina, numero 5 do ranking.

Aryna sabalenka
US Open 2021: Aryna Sabalenka beats double partner · tennisnet.com
Aryna Sabalenka – Foto: Getty Images

A numero 2 do ranking da WTA, Aryna Sabalenka, confirmou presença nas quartas de final ao vencer a belga Elise Mertens por 2 sets a 0 e chegou as quartas de finais como a tenista melhor ranqueada do torneio, já que Ashleigh Barty foi eliminada. No primeiro set houve um equilibrio entre as jogadoras, mesmo com Sabalenka quebrando o primeiro saque da belga. Quando a partida estava em 5/4 pra bielorrussa,ela quebrou o sabe de Mertens e fechou em 6/4 a primeira parcial. No segundo set nao houve tal equilibrio, Sabalenka dominou a partida, e com muitos erros da belga, conseguiu se impor e fechar a parcial em 6/1. Sabalenka agora enfrenta a tcheca Barbora Krajcikova, que venceu a espanhola Garbiñe Muguruza em um jogo polêmico.

Barbora Krajcikova
Barbora Krejcikova vence Muguruza e está nas quartas do US Open
Barbora Krajcikova – Foto: Darren Carroll/USTA

Em um jogo que começou acelerado, as duas atletas jogaram games rápidos, batendo forte na bola. Krajcikova chegou a abrir 3/0 no inicio do jogo. Em seguida Muguruza reagiu e venceu os três games seguintes, mas quando teve a chance de quebra pra passar a frente, não aproveitou a oportunidade. A tcheca venceu e encaminhou para a vitoria no segundo Set por 6/3. No segundo set o jogo continuou muito rápido. Barbora chegou a abrir 4/0 e controlava o jogo, fazendo Muguruza se movimentar bastante. Muguruza começou a reagir quebrando o saque de Krajcikova e chegou a virar a partina neste set para 5/4, e ainda teve 3 set point para empatar e levar para o terceiro set, mas a tcheca conseguiu se recuperar e empatou novamente. Muguruza voltou a ficar a frente fazendo 6/5 e após esse fato, veio a polêmica do jogo. Krejcikova solicitou atendimento médico no game, alegando desconforto na área abdominal e dificuldade para respirar. Ela foi retirada de quadra e ficou 8 minutos no vestiário para depois voltar ao jogo. Quando retornou, fez um ótimo game para levar ao tie break. No tie break, Krejcikova liderou totalmente, chegou a abrir 5 a 2. Garbiñe conseguiu enconstar em 5 a 4, mas a tcheca consegui se manter e fisicamente desgastada venceu por 7 a 4, fechando o set em 7/6.

maria sakkari
Maria Sakkari – Foto: Garrett Ellwood/USTA

Em um jogo com 3h30 de duração, a grega Maria Sakkari venceu de virada a Canadense e favorita Bianca Andreescu por 2 sets a 1 com parciais de 6/7, 7/6 e 6/3. O jogo foi muito disputado, com dois tie breaks nos dois primeiros sets, mostrando o equilíbrio durante a partida. A canadense começou melhor e chegou a abrir 3/0 no primeiro set, mas deixou a grega chegar, e dificultar o jogo. No tie break Andreescu dominou e confirmando todos os seus saques, fechou o primeiro set. No segundo set, novamente o equilíbrio, boas trocas de bolas, usando e abusando do repertorio, as duas que são bem agressivas, lutaram até o final do set pelos pontos, chegando novamente ao tie break. o tie Break, novamente o equilibrio, mesmo com Sakkari abrindo 5 a 2, Andrescu buscou o empate, mas em dois erros deixou que a grega fechasse o segundo set. No terceiro set, Andreescu ate começou melhor, mas nao consegui se manter. Precisou ser atendida com uma lesão na coxa que estava attrapalhando muito na hora do saque. Sakkari aproveitou e foi quebrando os saques da canadense,, fechando o set com parcial de 6/3.

karolina pliskova
Karolina Pliskova – Foto: Andrew Ong/USTA

A tcheca Karolina Pliskova venceu a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 2 sets a 0 e volta a disputar as quartas de final do US Open depois de 3 anos. Pliskova já começou o jogo quebrando o saque de Pavlyuchenkova e abriu 2/0, mas permitiu o empate. As sacadoras prevaleceram até que a tcheca conseguisse quebrar de novo no último game do primeiro set. A parcial seguinte começou com uma troca de quebras e games muito longos. Quando o placar estava empatado por 3/3, Pliskova salvou 3 break points e ganhou muita confiança antes de voltar a quebrar no último game da partida. Pliskova enfrenta agora a grega Maria Sakkari, que eliminou Andreescu em um jogo longo e desgastante.

belinda bencic
Belinda Bencic – Foto: Divulgação

A suíça Belinda Bencic venceu a polonesa Iga Swiatek em um jogo muito disputado, com a suíça conseguindo pressionar bastante no inicio do jogo, mas mesmo assim nao conseguia quebrar os saques da polonesa. Com as trocas de games entre as duas, o primeiro set foi para o Tie Break. O tie Break foi como o primeiro set inteiro, muito disutado, com nenhuma das tenistas conseguindo finalizar, e convertendo seus pontos quando estavam sacando. No fim das contas, Bencic levou a melhor vencendo o tie break por 14 a 12. No segundo set não vimos tanta disputa entre os games, e acabou decidido quando Bencic quebrou o saque e abriu 3/1. Depois disso só administrou a vantagem e fechou o set em 7/5. Agora a campeã Olímpica enfrenta a jovem Emma Raducanu, de apenas 18 anos que eliminou a americana Shelby Rogers.

emma raducanu
Emma Raducanu – Foto: Brad Penner/USTA

A jovem britânica Emma Raducanu, de apenas 18 anos chega junto com Leylah Fernandez para serem as mais novas do torneio nessa fase de quartas de final. Raducanu venceu a Norte-americana Shelby Rogers, algos da numero 1 do mundo Ashleigh Barty. Um jogo que parecia que seria complicado foi facilitado pela estrategia e jogabilidade da jovem, que conseguiu duas vitórias consisas nos dois sets, quebrando os saques de Rogers em 5 oportunidades, e vencendo por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1. Emma que vem se destacando desde Wimbledon, quando chegou as oitavas de final. Agora em Nova York, a Britânica chega as quartas de final sem ter perdido nenhum set.