Últimas Notícias

Em Coletiva, German Cano fala sobre ausência de gols e atual situação do Vasco

Na última sexta (10), o atacante German Cano, do Vasco da Gama, concedeu uma entrevista coletiva no Centro de Treinamento Moacyr Barbosa, para tirar algumas dúvidas da mídia e da torcida, bem como também procurou esclarecer pontos importantes do atual cenário em que se encontra a tradicional equipe de São Januário.

Um dia antes, o clube da cruz de malta anunciou a contratação do técnico Fernando Diniz, cujo objetivo será acabar com a crise futebolística da equipe, que se encontra em nono lugar na Série B e venceu apenas uma partida nos últimos seis jogos. Quando questionado sobre o assunto, o atleta deu à seguinte declaração aos jornalistas.

“Estamos em um momento complicado, mas rapidamente vamos sair disso tudo para dar vitórias ao time, afinal estamos trabalhando muito, quando você está mal, você tem que trabalhar o dobro, é isso que tá acontecendo dentro do Vasco, às vezes joga bem, às vezes joga mal, eu não faço gol… Mas o time está comprometido completamente. Estamos passando por uma tormenta que vai passar rápido, acredito nos jogadores e na minha capacidade”, falou o argentino.

Desde que chegou no clube carioca, em janeiro do ano passado, Cano marcou 38 gols, dos quais 14 saíram em 2021, tais números contribuíram para o camisa 14 se tornar o maior artilheiro estrangeiro do Vasco no século XXI, mas o ofensor não balança as redes desde a vitória por 4×1 sobre o Guarani, no final de julho, de lá para cá, o jogador disputou dez jogos e não fez nenhum tento.

“Já passei por isso varias vezes na minha carreira. Levo isso como algo natural, sei que vai passar rapidamente. Estou trabalhando ainda mais para me fortalecer e criar mais oportunidades. Sei que no próximo jogo vai mudar. Acredito que se faz dentro de campo. Os resultados da minha carreira estão aí”, contou o centroavante, quando questionado sobre a seca de gols.

Nas suas demais respostas, o argentino ainda falou que não está mais concentrado no presente do que no futuro, uma vez que seu contrato se encerra em dezembro desse ano, também pediu para que os torcedores vascaínos tenham paciência e confiarem na conquista do acesso à Série A, também falou que pensa em deixar um legado no tetra campeão brasileiro e que acredita em processos longos.

Categorias:Últimas Notícias

Marcado como: