Últimas Notícias

Secretário de Saúde do RJ elogia protocolo para volta de público em Flamengo x Grêmio

O Secretário da Saúde do município do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, elogiou os protocolos e toda a segurança dada aos torcedores na partida de quarta-feira (15) entre Flamengo e Grêmio, válida pela volta das quartas de final da Copa do Brasil.

– Flamengo no Maracanã mostrando que com organização é possível fazer um evento seguro, na operação são mais de 1.700 trabalhadores para orientar sobre as medidas de proteção à vida. Vale lembrar que acompanharemos por 14 dias todos os torcedores e funcionários – postou Soranz

Para entrar, os torcedores tiveram que apresentar testes negativos de Covid-19 e comprovante de vacinação, além de pagar os ingressos que custaram de R$100 até R$900. Dependendo da idade, os torcedores tinham que apresentar a quantidades de doses tomadas no certificado de vacinação.

Ao todo, 6.446 torcedores assistiram a partida nas dependências do estádio, com 6.277 pagantes, contabilizando assim uma renda de R$ 794.095,00. O Flamengo contratou 300 vigias para fiscalizar e conter a aglomeração no estádio durante a partida.

Somente o setor norte, histórico para a torcida do Flamengo teve um pouco de aglomeração. Algo que segundo opiniões como a do setorista Cahê Mota, do globoesporte.com, o Rubro-Negro vai ter que sabe lidar e se precaver.

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira