Últimas Notícias

Série B: Abertura da 24ª Rodada garante G4 intacto; Confusão com VAR é destaque em Minas

CRB empata em casa com o Vasco e se garante por mais uma rodada no G4. Remo vence o Avaí e abre 10 pontos da ZR, o time catarinense se distancia do G4. Cruzeiro e Operário empataram um jogo tenso, com 66 minutos no segundo tempo e com VAR atuando até o último minuto.

Em Maceió, Tivemos a estreia de Fernando Diniz no comando do Time Cruz Maltino e de Nenê em campo. O CRB buscava quebrar um tabu te nunca ter vencido o Vasco em casa. O jogo foi bem disputado, como Vasco até controlando mais a partida. Tendo mais posse, com a qualidade de Nenê no meio campo. Aos 17 minutos o galo até saiu na frente, mas teve seu gol anulado pelo VAR, por um impedimento na origem do gol. Depois disso o Vasco buscou atacar mais, tendo algumas oportunidades. Mas só conseguiu abrir o placar nos acréscimos do primeiro tempo com Cano, que desencantou anotando um belo gol de letra. No segundo tempo, o time Cruz-maltino ainda tinha mais a bola, mas o CRB precisava de um gol pra se garantir no G4 por mais uma rodada. A solução para o time alagoano estava no Banco e entrou aos 17 minutos. Renan Bressan entrou pra tentar dar mais mobilidade ao time e conseguiu. O gol de empate saiu, mas nos acréscimos, em uma jogada pela esquerda, Bressan bateu cruzado, tirando do goleiro Vanderlei e empatando a partida. O time alagoano chegou aos 41 pontos e se garantiu no G4, tambem pela derrota do Avaí contra o Remo em Belém.

Nenê, do Vasco, contra o CRB
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

No outro jogo das 19 horas, o Cruzeiro recebeu o Operário na Arena do Jacaré, e com público. O jogo ficou marcado por duas polêmicas envolvendo o VAR. No primeiro tempo o Cruzeiro buscava o gol a todo momento, até que aos 16 minutos Claudinho aproveita a falha da zaga do Fantasma pra tocar por cima do goleiro Simão e abrir o placar, pra incendiar a torcida. O Cruzeiro continuou pressionando, mas não conseguia chegar ao gol. Aos 35 minutos a primeira polêmica do Var. Em disputa entre o zagueiro Eduardo Brock e o atacante Djalma Silva, o arbitro foi chamado a cabine para analisar o lance e acabou anotando Pênalti pro Operário, convertido por Paulo Sergio. No segundo tempo o panorama não mudou, o Cruzeiro pressionando o tempo todo, buscando o gol e encurralando o Fantasma na defesa. Tanta pressão resultou no gol de Marcelo Moreno aos 52 minutos do segundo tempo. Mas um possível toque de mão de Marco Antonio causou uma confusão que durou mais de 10 minutos. O arbitro Rodrigo Dalonso Ferreira conseguiu analisar na cabine do VAR somente aos 66 minutos de jogo na segunda etapa, anulando o gol do time celeste. Final de jogo 1×1 e o resultado mantém os dois times no meio da tabela. Após o jogo, teve muita reclamação por parte do time celeste, incluindo o atacante Marcelo Moreno que deu uma declaração para a emissora de TV.

Eduardo Brock em disputa aérea em Cruzeiro x Operário — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

No duelo entre os Leões em Belém do Pará, o Remo conseguiu uma vitória muito importante pra se afastar da ZR e de quebra, afastou o Avaí do G4. No primeiro tempo o time paraense foi ligeiramente melhor, com mais posse de bola e buscando atacar mais, e conseguiu seu objetivo somente aos 43 minutos, com Vitor Andrade batendo na saída do goleiro Glédson. O time catarinense voltou para o segundo tempo querendo o empate e indo pra cima. Sem demorar muito, conseguiu o empate logo cedo, aos 13 minutos, com o lateral Edílson. ele cobrou pênalti, que foi defendido por Vinícius, mas no rebote ele mesmo completou para a rede. Depois do empate, o jogo ficou equilibrado, com as duas equipes buscando atacar. Quem se deu melhor nessa situação foi o Leão do Norte, que em cobrança de escanteio que resultou no gol contra de Fagner alemão de cabeça. Final de jogo Remo 2 x 1 Avaí.

REMO X AVAI - Victor Andrade jogador do Remo comemora seu gol durante partida contra o Avaí no estádio Baenão pelo campeonato Brasileiro B 2021.
Foto: Fernando Torres/AGIF

Nesta sexta (17) teremos 4 jogos para complementar a rodada:

  • Coritiba x Vila Nova – Couto Pereira (Curitiba-PR)
  • Brusque x Vitória – Augusto Bauer (Brusque-SC)
  • Confiança x Sampaio Correa – Batistão (Aracaju-SE)
  • Ponte Preta x Guarani – Moisés Lucarelli (Campinas-SP)