Últimas Notícias

Brusque é punido com perda de pontos e multa em caso de injúria racial

Nesta sexta-feira (24), o STJD julgou em audiência virtual o caso que envolvia o jogador Celsinho, do Londrina, após o episódio que ocorreu no jogo do dia 28/08/2021, onde o jogador acusou alguem da arquibancada de tê-lo chamado de “macaco”.

No dia seguinte ao ocorrido, o Clube catarinense se “pronunciou” através das suas redes sociais, chamando o jogador de oportunista e que já havia se envolvido em outro problema de mesma natureza. O Londrino respondeu a publicação com um vídeo, onde ouvimos claramente o jogador sendo insultado com o termo “macaco”.

O Clube tentou se retratar após a comprovação do insulto. Mas mesmo assim acabou perdendo patrocinador. O conselheiro do clube que proferiu o xingamento foi identificado e o Clube emitiu uma nota informando que havia afastado o mesmo e que providenciou a instalação de câmeras que captem o som da arquibancada.

Após o julgamento de hoje, o Clube foi “condenado” a pagar uma multa de R$ 60 mil e a perda de 3 pontos no campeonato. O Conselheiro identificado foi multado em R$ 30 mil e suspenso por 365 dias.

A decisão foi proferida pela Quinta Comissão Disciplinar do STJD. Como trata-se de uma decisão em primeiro Grau, ainda cabe recurso.

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira