Últimas Notícias

Brasileirão: 22ª rodada tem tropeço do Galo, do Fla, vitória do Corinthians no Dérbi e goleada do Athletico

Feito por: Alex Sousa, Guilherme Veiga, Isabela Castilho, Maylana Fernandes, Rodrigo Andrade, Ryan Leal e Willian Pereira.

A 22ª rodada do Brasileirão contou com tropeço de Atlético-MG e Flamengo, vitória do Corinthians no Dérbi e goleada do Athletico.

Veja a classificação e o resumo dos jogos:

Arte/ESF

Ceará 1 x 0 Chapecoense

A Chape começou melhor o jogo, tendo a primeira chance com Anselmo Ramon. Richard realizou a defesa de forma parcial e Luiz Otávio fez o corte providencial em cima da linha. E após isso, só deu Ceará. A equipe nordestina começou a criar bastante pelo lado centro mas não conseguiu abrir o placar com Kelvyn e Fernando Sobral.

Na etapa final, o Verdão d’Oeste voltou bem e quase abriu o placar com bicicleta de Anselmo Ramon, mas quem abriu o placar foi o Vozão. Luiz Otávio sofreu pênalti, aos sete minutos, e Jael, com cavadinha, fez o gol da vitória. O Ceará só não ampliou por conta das boas defesas do goleiro da Chapecoense. Derlan, pela Chape, quase empatou ao acertar a trave, mas ficou nisso.

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o Bahia, às 19h, no sábado, enquanto a Chapecoense joga contra o São Paulo, no domingo, às 16h, na Arena Condá.

Corinthians 2 x 1 Palmeiras

Com as expectativas altas pelos dois times, o Dérbi foi calmo com relação às ações ofensivas. O Corinthians atuou melhor em boa parte do jogo, mas foi pouco efetivo em chutes ao alvo. Aos 19, porém, Renato Augusto se livrou bem da marcação e tocou na área para Giuliano, que ajeitou de primeira para Róguer Guedes abrir o placar na Neo Química Arena. Com a vantagem, o Corinthians seguiu mais leve e até ampliou com Róger Guedes novamente, mas o gol foi invalidado por impedimento. No lance seguinte, Gabriel Menino pegou o rebote de cobrança de escanteio, arriscou de fora da área e a bola ainda desviou em Róger Guedes, enganando Cássio e empatando a partida.

No segundo tempo o jogo voltou mais truncado e de poucas oportunidades. As chances começaram a aparecer de forma efetiva a partir dos 28 minutos, com Gustavo Mosquito e Zé Rafael. O Palmeiras se postou melhor ofensivamente e quase virou com cabeceio de Gabriel Veron, que Cássio defendeu, em desvio de Luan, para fora, e em chute na trave de Veron. Aos 38, quando tudo parecia decidido, Róger Guedes recebeu de Vitinho pela esquerda, limpou Gabriel Menino e acertou belo chute para dar números finais ao jogo.

O Palmeiras volta a campo na terça-feira, pelo jogo de volta da semifinal da Libertadores, contra o Atlético-MG, às 21h30. Pelo Brasileirão, a equipe alviverde recebe o Juventude, no domingo (3), às 18h15, enquanto o Corinthians visita o Red Bull Bragantino, às 19h do sábado.

São Paulo 0 x 0 Atlético-MG

Em jogo de forte marcação, o empate não saiu do zero. Os dois times pouco criaram, e até os 23 minutos, a marcação estava tão intensa que nenhum chute havia acontecido até então. A primeira oportunidade surgiu com Nathan, que chutou para defesa de Tiago Volpi em dois tmepos. O Galo ainda teve chance de abrir o placar em mais duas chances, mas não teve sucesso. O São Paulo praticamente não incomodou o goleiro Everson, que sequer sujou o uniforme no primeiro tempo.

Na etapa final, os dois times voltaram mais ligados. Galo quase abriu o placar com Vargas, e depois Guga travou chute de Rodrigo Nestor. Rigoni acertou o travessão em cobrança de falta, e Hulk até marcou um gol, mas que foi anulado por impedimento de Guilherme Arana, que realizou a assistência para o atacante. Os visitantes ainda tiveram chances com Arana, mas pararam em Volpi.

O Galo volta a jogar na terça-feira, às 21h30, pelo jogo de volta da semifinal da Libertadores. No Brasileirão, a equipe recebe o Internacional, no sábado. No domingo, o São Paulo visita a Chapecoense, na Arena Condá.

América-MG 1 x 1 Flamengo

Neste domingo (26), às 11 da manhã, América-MG e Flamengo se encontraram no Estádio Independência.

A partida foi equilibrada, os dois times tiveram boas chances ao longo dos dois tempos. Enquanto o Flamengo criava chances através dos lançamentos no pivô de Pedro e nas infiltrações de Bruno Henrique, Matheuzinho e Thiago Maia, o América criava perigo nos contra-ataques aproveitando a fraca recomposição da defesa rubro-negra.

Os dois gols saíram no finalzinho da segunda etapa. O gol do Flamengo saiu aos 43, com gol de Michael, que realizou jogada individual na entrada da área e tocou na saída do goleiro Cavichioli. Aos 49, o América empatou em cabeceio de Alê, que subiu mais alto que Renê após receber cruzamento de Lucas Kal no lado esquerdo.

Com o resultado, o Flamengo permaneceu na 3ª posição na tabela, com 35 pontos. Enquanto o América, subiu para a 15ª posição, e soma 24 pontos.

Fluminense 2 X 1 Red Bull Bragantino

No Maracanã, o Fluminense venceu o RB Bragantino por 2 a 1.

Na tarde deste domingo (29), o Fluminense não tomou conhecimento dos reservas do RB Bragantino e decidiu o jogo logo no primeiro tempo, com gols de Fred e Luiz Henrique. O tricolor carioca foi amplamente dominante na primeira etapa, enquanto o Massa Bruta teve apenas uma oportunidade, com Helinho, em chute de fora da área.

Na etapa complementar, o RB Bragantino voltou melhor. Com uma pressão nos 20 primeiros minutos, os visitantes diminuíram o placar com gol de Helinho, mas não foi suficiente para chegar ao empate. Após o gol, o Fluminense melhorou com as mudanças e voltou a ter o domínio da partida, mantendo a bola no campo de ataque e evitando riscos.

O Fluminense permanece em oitavo lugar na tabela de classificação, com 32 pontos, um a menos que o RB Bragantino, 5⁰ colocado, que tem 33.

Internacional 2 x 0 Bahia

O time do Bahia visitou o Internacional neste domingo, 26 de setembro. O jogo ocorreu as 16:00 pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro. Sendo o 22o jogo dos gaúchos e o 23o dos baianos na competição.

Após 39 minutos de um jogo sem emoções e com pouca qualidade das duas equipes, Edenilson em escanteio encontrou Yuri Alberto no primeiro pau, que de cabeça marcou o primeiro gol do time da casa. Este foi o sétimo gol de Yuri Alberto no Brasileirão 2021.

O segundo tempo contou com uma forte pressão inicial do Bahia. Contando com boas intervenções do goleiro Daniel, o Inter se safou dos lances de ataque sofridos. A pressão diminuiu quando Rodrigo Dourado antecipou Paolo Guerrero para concluir de cabeça o segundo gol colorado. O lance aconteceu aos 74 minutos de jogo.

O jogo seguiu com o Bahia em busca de seu primeiro gol na partida. Encontrando muitas dificuldades para romper a defesa do time da casa. Mesmo assim Gilberto e Rodallega conseguiram boas finalizações de cabeça levando perigo ao gol do Internacional.

Nos acréscimos um chute de fora da área de Anderson e um cruzamento de Nino Paraíba para Gilberto manteve o Bahia no quase. E uma bela jogada individual de Gustavo Maia também ficou no quase.

A equipe do Internacional na próxima rodada tem uma missão difícil onde vai até Minas Gerais, enfrentar o líder do campeonato Atlético-Mg, no dia 02 de outubro, às 21h. Já a equipe do Bahia também no dia 02 de outubro, recebe em casa, a equipe do Ceará as 19h.

Juventude 3 x 0 Santos

Na tarde deste domingo (26), tivemos um bom confronto entre Juventude e Santos.

A equipe santista fez sua primeira finalização aos 7 minutos com Marinho. Aos 15 minutos, Batistão com um bom cabeceio quase abre o placar para o Santos. Chute do Marinho aos 19 minutos passou perto do gol. O time santista pressionou mais fazendo 7 finalizações na primeira etapa. Mas na primeira finalização do Juventude, aos 45 minutos, Castilho levanta a bola na área em cobrança de falta e Ricardo Bueno marca o primeiro gol do jogo de cabeça.

No segundo tempo, apesar das substituições feitas pelo técnico Fábio Carille para tentar uma reação do Santos, que chegou a trocar o zagueiro Danilo pelo atacante Tardelli, o Juventude em outra bola parada (escanteio) conseguiu ampliar o placar com Dawhan de cabeça aos 19 minutos. Fechando o placar em 3 a 0, o destaque da partida, Guilherme Castilho numa jogada de contra ataque, aos 39 minutos, acertou um belo chute no canto direito do goleiro santista.

Sport 0 x 1 Fortaleza

Sport e Fortaleza se enfrentaram na Arena Pernambuco, e no duelo de leões, o que levou a melhor foi o do Pici pelo placar mínimo: 1 a 0.
O Fortaleza começou melhor e com mais posse de bola. O Sport também chegou a passar mais tempo com a bola em dado momento, mas faltou efetividade na conclusão de suas jogadas, coisa que não faltou para o tricolor do Ceará. Aos 33 minutos, Lucas Crispim cobrou escanteio na cabeça de Marcelo Benevenuto, que fez o único gol da partida.

No segundo tempo, o rubro-negro tentou aproveitar a postura defensiva do time de Vojvoda, que passou a apostar em contra-ataques. Pikachu e Romarinho chegaram a ficar cara a cara com Maílson, mas ambos se enrolaram na hora da finalização, assim como vinham fazendo os atacantes do Sport. E o jogo terminou assim.
Para o Fortaleza, a vitória magra significou a quebra de um período de seis jogos sem vitória no Brasileirão. O time passou o Flamengo e agora é o terceiro colocado.

Para o Sport, a derrota só serviu para abalar ainda mais a situação do clube. De técnico novo que ainda não conseguiu vencer, o time amarga a penúltima posição do campeonato, à sete pontos do Santos, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Athletico 4 x 2 Grêmio

Athlético e Grêmio entraram em campo na Arena da Baixada em jogo válido pela 22a rodada do Brasileirão.

O jogo começou bem aberto. Os dois times escolhendo jogar pelos lados. Nessa, o Athlético foi quem teve a primeira chance de gol logo aos 5 minutos, num cruzamento pela direita do ataque, Renato Kayser cabeceou com perigo e a bola passou raspando a trave.

O Athlético movia suas jogadas principalmente pela esquerda com Nícolas, fazendo associações com Pedro Rocha e Lucas Fasson. O Grêmio adotava uma postura mais reativa e só conseguiu sua primeira finalização aos 16 minutos num chute de fora da área de Lucas Silva.

Aos 30 minutos, Pedro Rocha rouba uma bola providencial na intermediária, toca para Renato Kayser que devolve para ele. O atacante chuta cruzado no canto esquerdo do goleiro Gabriel Chapecó. O placar estava aberto para o Furacão.

O Athlético continuava pressionando e mordendo o Grêmio, que pouco ficava com a bola. Aos 45 minutos, numa bola esticada pela direita do ataque, Nikão recebeu e conseguiu cruzar na cabeça de Pedro Rocha, que ampliou o marcador, fazendo seu segundo gol.

Começou o segundo tempo e o Grêmio voltou um pouco melhor com as entradas de Douglas Costa e Léo. O time deu uma equilibrada na posse de bola e começou a usar os lados do campo.

Não adiantou muito a melhora gremista, pois aos 9 minutos, numa jogada pela direita do ataque do Athlético, Khellven cruzou na área e Renato Kayser cabeceou sem chances para o arqueiro tricolor, marcando o terceiro gol do Furacão.

Aos 14 minutos, em um escanteio batido pela direita, Thiago Santos de cabeça diminui para o tricolor.

Mal deu tempo de comemorar, pois aos 16 minutos, outra vez pela direita, Richard deu de calcanhar para Khellven que cruzou na área mais uma vez para Kayser. Ele carimbou, fazendo o quarto gol do Athlético e o segundo dele.

O Athlético não diminui o ritmo, mesmo goleando. Aos 33 minutos Nikão recebeu com espaço na intermediária e num chutaço carimbou o travessão do Grêmio.

Aos 38 minutos numa falta cobrada rasteira pela direita do ataque do Grêmio, Vanderson recebe e chuta meio cruzado para a área. O goleiro Santos aceita. O time gaúcho diminuiu.

O gol gremista deu uma animada no Grêmio. Ferreirinha finalizou mais duas vezes contra a meta do goleiro paranaense, mas sem tanto perigo.

Assim, o jogo mais movimentado da rodada em termos de gol, terminou com a vitória merecida do Athlético por 4 a 2.

Atlético-GO x Cuiabá

No domingo (26) aconteceu a partida de Cuiabá e Atlético-GO, na última partida da rodada, ficou no empate de 0 x 0. O jogo aconteceu no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.
O jogo foi morno, sem muitas chances de virada.
O Cuiabá é o 10° colocado , com 29 pontos , e o Atlético-GO é o 12°, com 27 – e um jogo a menos.
Os dois times entram em campo no próximo sábado (2) contra América-MG e Fortaleza. Ambas as partidas serão às 17h.

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira