Últimas Notícias

Jogador do Sport atua de forma irregular e clube pode perder pontos no Brasileirão

Depois de não conseguir inscrever reforços nos instantes finais do prazo da CBF para o Brasileirão, o Sport enfrenta um novo problema de regularização do elenco. A bola da vez é o zagueiro Pedro Henrique, que atuou em quatro jogos pelo Leão, mas que havia somado participação em sete partidas pelo Internacional nesta edição do torneio nacional. Com isso, o Sport corre o risco de perder pontos na competição.

A diretoria do clube ainda trabalha o caso como suspeita e ainda não foi notificada pela CBF sobre o caso. O presidente do Sport, Leonardo Lopes, afirmou que já contatou uma equipe de advogados para cuidar do caso.

– A gente tomou conhecimento dessa informação. Tão logo acionamos os nossos advogados especialistas no Rio de Janeiro para sabe, porque há um conflito de normas no regulamento geral e no específico. Tem uma discussão muito grande quanto a penalidade. Tem jurisprudência sobre a questão dos pontos, mas também sobre multa.

Pedro Henrique fez cinco jogos pelo Inter, porém, levou cartão amarelo em outros dois, quando estava no banco de reservas e não entrou em campo, acumulando sete jogos. Sem jogar, a advertência da arbitragem sinaliza que essas participações aconteceram na atual edição da Série A. O ato está esclarecido no Artigo 43 do Regulamento Geral de Competições.

– Se, na condição de substituto, o atleta vier a ser apenado pelo árbitro, será considerada como partida disputada pelo infrator, para fins de quantificação do número máximo a que alude o caput deste artigo.

Com isso, Pedro Henrique não poderia defender outro clube na competição além do Internacional, seguindo o Regulamento Específico do Brasileiro.

Regulamento Específico da Competição — Foto: Reprodução / CBF

Regulamento Específico da Competição — Foto: Reprodução / CBF

Regulamento Geral de Competições — Foto: Reprodução / CBF

Regulamento Geral de Competições — Foto: Reprodução / CBF

Conforme o Artigo 214 Código Brasileiro de Justiça Desportiva, a irregularidade impõe“perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais).”

Com isso, o Sport perderia 12 pontos pelas quatro partidas disputadas pelo zagueiro, contra São Paulo, Chapecoense, Athletico e Fortaleza. Os planos do Sport se viram para evitar a punição com perda de pontos, já que o clube soma 17 pontos, sete atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento. Se a suspeita do clube for confirmada, o zagueiro não será mais utilizado.

“Os advogados estão trabalhando para que a gente possa evitar perda de pontos para o clube. Seria uma coisa de proporções inimagináveis. Se for confirmado, o atleta não vai mais poder entrar em campo para que a gente não fique com risco de ter esse acontecimento em sequência.” 

Artigo 214 - CÓDIGO BRASILEIRO DE JUSTIÇA DESPORTIVA — Foto: Reprodução

Artigo 214 – CÓDIGO BRASILEIRO DE JUSTIÇA DESPORTIVA — Foto: Reprodução

Foto destacada: Anderson Stevens / Sport Club do Recife

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira