Últimas Notícias

Série B: Avaí vence o Botafogo fora de casa e assume a vice-liderança; Vasco vence mais uma e volta a sonhar com acesso

Feito por: Alex Braz, Beto Sperandio e Rodrigo Andrade.

Em uma rodada com média um pouco superior a 2 gols por partida, vimos o líder Coritiba empatar fora de casa com o Remo, o Botafogo perdeu para o Avaí em casa e perdeu a vice-liderança. O Vasco vence fora de casa e volta a se aproximar ao G4, podendo sonhar com o acesso novamente. Na Briga pelo rebaixamento, Londrina e Brusque venceram e continuam lutando pra escapar do descenso.

Operário-PR 1 x 2 Náutico

O Náutico enfim, quebrou o jejum de sete jogos na Série B. O Timbu bateu o Operário-PR por 2 a 1, com dois gols seguidos no fim do jogo. O Fantasma abriu o placar com Djalma Silva em um chutaço, mas os visitantes foram valentes e buscaram o empate no fim do jogo. Vinicius, de pênalti, empatou, e em seguida Caio Dantas garantiu os três pontos para o time pernambucano. Agora, o time paranaense acumula oito jogos sem vitória.

Na próxima rodada o Operário visita o Brasil de Pelotas, na quarta-feira (6), às 16h, enquanto o Náutico recebe o Goiás, às 21h30 de terça-feira (5).

Brusque 2 x 0 Guarani

O Brusque precisou do artilheiro da Série B, Edu, para conquistar mais três pontos importantes na competição. O Quadricolor venceu o Guarani por 2 a 0, com dois gols do camisa 9. O primeiro tempo foi movimentado e o Guarani foi quem começou atacando, tendo a primeira chance logo aos seis minutos. O Bugre ficou no comando da posse de bola, mas não criou mais chances claras. Aos 30, o Brusque finalizou com Edu, mas a bola parou na marcação.

Na etapa final, Edu converteu pênalti sofrido por Toty, aos 17, e, aos 28, Edu chutou e a bola foi para escanteio. Na cobrança, a bola sobrou na área para o camisa nove dar números finais ao jogo.

O Brusque joga contra o CSA, no sábado (9), às 21h, pela próxima rodada, enquanto o Guarani recebe o Londrina, também no sábado, mas, às 16h30.

Goiás 3 x 0 Vitória

Depois de três derrotas seguidas, o Goiás voltou a vencer e venceu bem, na tarde de sábado (2), ao bater o Vitória por 3 a 0, com dois gols de Luan Dias e um de David Duarte. O jogo começou equilibrado, mas o Verdão abriu o placar aos 17, com Luan Dias. Com a vantagem, o time goiano jogou mais tranquilo e, aos 25, Luan Dias recebeu novamente de Nicolas para ampliar. Os dois times tiveram mais chances, mas sem alterações no placar.

No segundo tempo, o ritmo ficou mais devagar, mas com jeito parecido no jogo. O Vitória tentou pressionar pelo empate, mas era o Goiás que chegava mais perto do alvo, a ponto de Fellipe Bastos acertar o travessão, aos 11 minutos. Aos 15, Elvis cobrou escanteio e David Duarte fechou a conta na Serrinha.

Na próxima rodada o Goiás visita o Náutico, na terça (5), às 21h30. O Vitória encara o Confiança, no sábado, às 19h, no Barradão.

CRB 0 x 0 CSA

O clássico entre CRB e CSA não foi nada emocionante, no sábado, quando empataram sem gols no estádio Rei Pelé, em Maceió. O CRB, que luta pelo acesso neste momento, cricou boas oportunidades na partida, mas não conseguiu passar pelo goleiro Thiago Rodrigues e saiu do G4. Já o CSA, conseguiu um ponto importante na luta por uma vaga no G4, mas não teve sucesso no campo de ataque como teve no campo de defesa.

Na próxima rodada o CRB entra em campo contra o Botafogo, na sexta-feira, às 19h, enquanto o CSA recebe o Brusque, no sábado, às 21h.

Botafogo 1 x 2 Avaí

Derrota, vaias e discussão entre técnico e torcedores marcaram o reencontro do Botafogo com a torcida.

Os 751 torcedores do Botafogo que foram ao estádio Nilton Santos, no jogo que marcou o reencontro dos torcedores com o clube, não contavam com uma derrota por 2 a 1, de virada no segundo tempo e com direito a lei do ex, em um confronto direto com o Avaí.

Após um primeiro tempo com poucas emoções de ambos os lados e um gol anulado pelo VAR por impedimento para o Botafogo, os times voltaram mais criativos para o segundo tempo e aos 3 minutos da etapa final, Chay bateu escanteio fechado pela esquerda, Diego Gonçalves, do Botafogo, Alemão e Diego Renan subiram, a bola desviou nos marcadores do Avaí e entrou, porém a arbitragem deu o gol para Diego Gonçalves, 1 a 0 Botafogo.

O empate veio aos 13 minutos com Jean Cléber, que levantou a bola para a área, jogadores de ambos os times tentaram cabecear a bola que passou por todos incluindo o goleiro Diego Loureira, que só observou o gol dos adversários, 1 a 1.

Após o empate, torcedores do Botafogo começaram a cobrar o time, o que deixou o técnico Enderson Moreira incomodado e uma discussão entre técnico e torcedores chamou a atenção.

Os visitantes seguiram buscando a virada, até que aos 33, a lei do ex se fez presente mais uma vez no futebol, com Bruno Silva, que chutou forte da entrada da área para colocar o Avaí na frente no placar e fez  2 a 1 para os visitantes. O clima entre o técnico dos donos da casa e torcedores voltou a esquentar após a virada do Avaí. Já nos acréscimos, aos 50, o goleiro do Avaí Glédson fez boa defesa no chute rasteiro de Rafael Moura, no último lance do jogo.

Com a derrota, o Botafogo ocupa a terceira colocação na tabela de classificação com 48 pontos, mesmo número de pontos de Goiás e CRB, que será o próximo adversário do glorioso também no Nilton Santos, sexta-feira (8), às 19h.

Já o Avaí, que após a vitória chegou aos 49 pontos, receberá a Ponte Preta, terça-feira (5), às 19h00, na Ressacada.

Ponte Preta 1 x 1 Vila Nova

O jogo já parecia decidido quando o Vila Nova conseguiu arrancar um empate diante da Ponte Preta, em Campinas, na noite de sábado. A Macaca começou melhor mas o Tigre foi quem mais dominou no primeiro tempo, porém, sem sucesso.

Na etapa final, o jogo ficou equilibrado, mas sem grandes oportunidades. A Ponte abriu o placar com Rafael Santos, em cobrança de falta, e, com polêmica, Pedro Júnior converteu a penalidade máxima nos acréscimos da partida.

Na próxima rodada, a Ponte Preta encara o Avaí, já na terça-feira, às 19h, na Ressacada, enquanto o Vila Nova recebe o Remo, às 19h, no Onésio Brasileiro Alvarenga.

Cruzeiro 2 x 0 Brasil de Pelotas

Depois de quatro jogos, o Cruzeiro voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro, na manhã de domingo, no Independência. A equipe celeste derrotou o Brasil de Pelotas, lanterna da competição, por 2 a 0.

O Cruzeiro dominou a partida mas não conseguia abrir o placar no primeiro tempo, até os 40 minutos. A marcação do time gaúcho começou a dar chances para o time mineiro e, após lançamento de Thiago para Vitor Leque, que driblou dois adversários e abriu o placar. Depois, Leque lançou para Cáceres cruzar e Thiago chutou e ampliou. O Cruzeiro ainda teve mais dois gols, de Bruno José e Adriano, que foram corretamente anulados pela arbitragem.

Na etapa final, a Raposa voltou agressiva e quase ampliou logo aos três minutos. A equipe continuou criando oportunidades para aumentar a vantagem, mas o jogo acabou mesmo 2 a 0.

O Cruzeiro volta a campo na sexta, quando visita o Coritiba, às 21h30, enquanto o Brasil de Pelotas recebe o Operário-PR, na quarta-feira, às 16h.

Confiança 1 x 2 Vasco

O Confiança recebeu o Vasco no Batistão tentando manter sua série invicta, mas enfrentou um time motivado e que quer voltar a brigar pelo acesso.

No primeiro tempo, tivemos uma partida sem muitas emoções, mas com muita posse de bola do time Cruz-maltino. Apesar de todo o domínio, o Vasco não conseguiu converter em gol, finalizando apenas uma vez contra a meta do Confiança.

No segundo tempo, as coisas foram diferentes, mas com o mesmo domínio Vascaíno e logo aos 15 minutos, o artilheiro Cano recebeu de Nenê e marcou seu 8º gol na competição. Dois minutos depois, foi a vez do zagueiro Ricardo Graça cabecear e ampliar o placar. Depois do gol o jogo ficou mais controlado mas o confiança buscou sair mais pro jogo e conseguiu diminuir com Nirley aos 34. Mas o jogo ficou por isso mesmo, Confiança 1 x 2 Vasco. Com isso o Vasco volta a sonhar com o acesso assumindo a 6ª colocação.

Na próxima rodada o Confiança tem um confronto direto com o Vitória em Salvador no Sábado (09). O Vasco fica no nordeste, mas desta vez em São Luís, onde vai enfrentar o Sampaio Corrêa.

Londrina 3 x 1 Sampaio Corrêa

No interior do Paraná, o Londrina recebeu o Sampaio Corrêa precisando vencer para não deixar os adversários se distanciarem na briga contra o descenso. E assim o fez, venceu por 3 a 1 de virada e chegou a 30 pontos, enquanto o Brusque (uma posição acima), tem 32.

O jogo começou melhor para o Sampaio, que comandava as ações, e conseguiu abrir o placar aos 14 minutos com Léo Artur. Mas essa vantagem durou apenas 3 minutos, já que o Tubarão empatou aos 17 com Marcelo Freitas. Depois disso o Londrina voltou pro jogo e ainda teve algumas chances de marcar e em uma delas, aos 41 minutos o atacante Caprini virou para os paranaenses e um minuto depois Roberto fez o terceiro do Londrina.

A segunda etapa não contou com o mesmo ímpeto e emoção da primeira.  Com o jogo controlado, o Londrina não precisou mais atacar, enquanto o Sampaio esbarrava na defesa Londrinense. Final de jogo, 3 x 1 para os donos da casa que seguem na Zona de Rebaixamento, mas nao deixaram seus adversários se distanciarem.

Na próxima rodada o Londrina enfrenta o Guarani em Campinas, enquanto o Sampaio recebe o Vasco no Castelão.

Remo 0 x 0 Coritiba

Em um jogo animado no calor de Belém, o Remo conseguiu segurar o líder Coritiba. Apesar do retrospecto negativo, por nunca ter ganhado do Coritiba, o Remo atacou bastante e obrigou o goleiro Wilson a trabalhar. 

No primeiro tempo o Coritiba tentou dominar as ações, marcando em cima. Teve algumas oportunidades com Val e Rafinha principalmente, mas sempre sem assustar o goleiro Thiago Coelho. O Remo tentava sair mas encontrava muita dificuldade em ultrapassar a boa defesa do Coritiba, e quando passava, parava no goleiro Wilson.

No segundo tempo, o Remo começou causando mais perigo contra o Coxa, tendo mais a bola e procurando atacar mais. As mudanças do técnico do Coritiba não surtiram tanto efeito quanto as mudanças do Leão. O jogo terminou como Remo em cima do Coritiba, e com Wilson sendo um dos melhores em campo. No último lance, William Alves ainda perdeu uma chance cara a cara, que poderia dar os 3 pontos pro time paranaense. Final de jogo 0 a 0.

Na próxima rodada o Remo enfrenta o Vila Nova em Goiânia. O líder Coritiba recebe o Cruzeiro na sexta-feira (8), no Couto Pereira. 

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira