Últimas Notícias

Com torcidas, 24ª rodada do Brasileirão contou com vitória de Fortaleza, Sport, e tropeço dos três primeiros colocados

Feito por: Isabela Castilho, Ryan Leal e Rodrigo Andrade

 

A 24ª rodada do Brasileirão 2021 marcou o encontro de diversos times com as torcidas nos estádios, e contou ainda com algumas surpresas na parte de cima da tabela. Foi o caso dos tropeços de Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo, para, respectivamente, Chapecoense, América-MG e Red Bull Bragantino. Quem se deu bem foram os nordestinos de Fortaleza e de Sport, que venceram os duelos contra o Fluminense e o Juventude.  Confira as análises dos jogos:

+ Veja a classificação do Brasileirão

Corinthians 3 x 1 Bahia

Com a presença da torcida depois de 587 dias, o Corinthians empurrou o Bahia para o campo de defesa durante todo o primeiro tempo. A equipe de Dabove, porém, se fechou muito bem, e praticamente não sofreu com chutes a gol na primeira etapa. O Corinthians controlava a partida, até que Lucas Piton fez pênalti fora do lance em Gilberto. O árbitro marcou e o próprio Gilberto abriu o placar. O Corinthians seguiu pressionando mas sem chutar, até que em Giuliano arriscou o chute e a bola bateu na mão do zagueiro Lucas Araújo. O zagueiro tricolor, que já tinha amarelo, acabou sendo expulso no lance, e Róger Guedes empatou o jogo, no último lance do primeiro tempo.

Na etapa final, o Corinthians se aproveitou da vantagem numérica e seguiu pressionando o Bahia. Tentou diversas vezes, até que, aos 23 minutos, Gabriel Pereira arriscou de fora da área, o goleiro deu rebote nos pés de Jô, que anotou o terceiro do time da casa, dando números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Corinthians visita o Sport, no sábado, às 16h30, enquanto o Bahia visita o Athletico, também no sábado, mas às 19h. O público pagante foi de 10.470, enquanto o público total foi 10.624.

 

Ceará 0 x 0 Internacional

A parte incial da partida foi bem equilibrada com os dois times atacando com perigo. Porém, o ritmo foi caindo e o zero não saiu do placar, com as melhores chances de Yuri Alberto e um cabeceio de Cleber.

Na etapa final, o Ceará tomou conta do jogo, mas não conseguiu passar por Daniel. O arqueiro colorado fez boas defesas, mas, mesmo com mudanças mais ofensivas, o Inter também não saiu do zero.

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o Atlético-MG, no sábado, às 16h30, enquanto o Inter receberá com torcida a Chapecoense, no domingo, às 11h.

 

Sport 3 x 1 Juventude

Os dois times foram pouco efetivos na primeira etapa, apesar do Juventude ter conseguido ficar mais tempo com a bola. Com insistência em bola aérea, o Leão saiu na frente com Zé Welison.

Na etapa complementar, o Sport pressionou e conseguiu ampliar. Em contra-ataque, Zé Welison deixou com Mikael, que chutou de primeira e fez o segundo dos pernambucanos. Paulinho Boia ainda acertou a trave aos 12 minutos, e, aos 23, Sander cobrou falta e Chico fez o terceiro. O Papo ainda diminuiu no fim do jogo, com gol de pênalti de Boia, mas a reação parou por aí.

Pela 25ª rodada, o Sport enfrenta o Corinthians, no sábado, às 16h30, na Arena Pernambuco, enquanto o Juventude enfrenta o América-MG, no Alfredo Jaconi, no sábado, às 21h.

 

Chapecoense 2 x 2 Atlético-MG

O Atlético começou com mais posse de bola, e, com dificuldade por conta do gramado pesado em razão das fortes chutas que atingiram Chapecó, conseguiu abrir o placar aos 19 minutos. Nacho cobrou escanteio e Dylan fez o primeiro gol do jogo. Busanello, que havia afastado mal a bola no gol do Atlético, fez ótimo cruzamento para a área e Geuvânio chutou de carrinho para empatar depois de revisão do VAR. O Galo até ampliou em seguida, mas o Nacho foi flagrado em posição de impedimento.

Na etapa final, a Chape voltou melhor e conseguiu a virada com Mike, em cobrança de pênalti. Keiller até evitou o empate em boa parte do jogo, em chutes de Dodô e Hyoran, mas Sasha conseguiu furar o bloqueio catarinense, de cabeça, e decretou o empate entre o líder e o lanterna.

Na 25ª rodada, a Chapecoense encara o Internacional, às 11h, no domingo, em Porto Alegre, enquanto o Atlético joga no sábado, às 16h30, contra o Ceará, no Mineirão.

 

Atlético-GO 0 x 2 Athletico-PR

O jogo ficou equilibrado com os dois times sem muita criatividade. O Athletico, porém, foi quem conseguiu ser superior antes do adversário. Aos 42 minutos, Terans fez cruzamento pela esquerda e Marcinho abriu o placar.

No segundo tempo, o Dragão tentou esboçar uma reação, mas, aos cinco minutos, Nikão encaixou contra-ataque, cruzou para Erick, que ajeitou de cabeça para Terans, que ampliou. O jogo ficou aberto e com chances para os dois lados, mas sem mudanças no placar depois disso.

Na próxima rodada o Athletico-PR enfrenta o Bahia, às 19h, na Arena da Baixada, enquanto o Atlético joga contra o Fluminense, às 16h30, no Maracanã. Os dois jogos acontecem no sábado.

 

Red Bull Bragantino 1 x 1 Flamengo

No Nabizão, RB Bragantino e Flamengo empataram em 1 a 1.

A partida foi bem equilibrada, com os dois times alternando o domínio ao longo do jogo. O time da casa tinha como principal jogada acionar o atacante Artur para aproveitar a vulnerabilidade de Renê, enquanto o Flamengo apostava na criação de Andreas e Vitinho para finalizar com Bruno Henrique e Pedro. Após tomar um susto nos primeiros minutos com as chegadas de Artur, o Flamengo tomou o domínio do jogo e abriu o placar com Pedro, após bela jogada de Vitinho. Na segunda etapa, o Flamengo caiu fisicamente e viu o RB Bragantino crescer no jogo. Aí aproveitar passe errado de Matheuzinho, Artur passou como quis pela zaga rubro-negra e fez um golaço, sem chance para o goleiro Gabriel Batista.

Com o empate, o RB Bragantino caiu da 4ª para a 6ª posição, enquanto o Flamengo que era o 3⁰ colocado, passou a ser vice-líder.

 

Fluminense 0 x 2 Fortaleza

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio entre as equipes, e poucas emoções dos dois lados. Sem criatividade, os times pouco criaram, e arriscavam chutes de fora da área, mas sem eficácia. O melhor momento da partida até então, foi aos 50 minutos, quando Danilo Barcelos acertou o travessão em cobrança de falta.

Na etapa final, os dois times voltaram mais agitados. Logo aos três, Lucas Crispim cobrou escanteio e Marcelo Benevenuto abriu o placar para o Fortaleza. Minutos depois, Lucas Crispim fez novo cruzamento, dessa vez em cobrança de escanteio, e Titi ampliou. O Fluminense quase diminuiu em cabeçada de Fred, parou em Felipe Alves.

O Fluminense enfrenta o Atlético-GO, no Maracanã, no sábado, às 16h30, pela 25ª rodada, enquanto o Fortaleza recebe o Flamengo, no Castelão, às 19h, também no sábado.

 

América-MG 2 x 1 Palmeiras

O América-MG venceu o Palmeiras por 2 a 1 na noite de quarta-feira, com a torcida do Coelho de volta ao Estádio Independência.

Com chances dos dois lados, quem saiu na frente foi o Palmeiras, com Rony. Na frente no placar, o Verdão viu os donos da casa perderem um pênalti no segundo tempo com Felipe Azevedo. O time se manteve sem desanimar e conseguiu o empate com uma bomba de Patric, de fora da área. O Palmeiras ainda teve a chance de matar o jogo, mas Wesley e Gabriel Veron perderam as oportunidades. Pelo lado do Coelho, a felicidade veio com toque de emoção, nos acréscimos. Em mais um pênalti, após a bola tocar no braço de Felipe Melo, Ademir decretou a vitória e os três pontos para os torcedores presentes no estádio.

Na próxima rodada, o América encara o Juventude, no Alfredo Jaconi, no sábado, às 21h, enquanto o Palmeiras recebe o Red Bull Bragantino no mesmo dia e horário.

 

Grêmio 2 x 2 Cuiabá

Precisando do resultado para tentar deixar o Z4, o Grêmio tentou ir para cima dos visitantes, que apostaram bastante no contra-ataque. E a estratégia do Cuiabá começou surtindo efeito, com a primeira chance do jogo logo no primeiro minuto da partida, com Max. O Grêmio respondeu somente aos 16, com Campaz, e depois com Douglas Costa, aos 20. Max, que estava estreando como titular do Dourado, foi quem abriu o placar, aos 22 minutos.

Na etapa final, o Tricolor conseguiu o empate com Alisson. E com tamanha pressão, parecia que o Grêmio era quem sairia vencedor do embate, porém, o Cuiabá jogou água no chope gremista, aos 33 minutos, com Marllon, recolocando a equipe visitante à frente do placar. No entanto, logo em seguida o Grêmio empatou, depois de Rafinha cruzar para Alisson dar números finais à partida.

Na próxima rodada o Grêmio joga contra o Santos, na Vila Belmiro, no domingo, às 16h, enquanto o Cuiabá recebe o São Paulo, na segunda-feira, às 20h (de Brasília), na Arena Pantanal.

 

São Paulo 1 x 1 Santos

Nesta noite de quinta (07), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Santos ficam no empate por 1 a 1.

A equipe santista logo aos 5 minutos abriu o placar com o uruguaio Carlos Sánchez, que recebeu a bola do companheiro Vinícius Zanocelo e bateu colocado com categoria fazendo um belo gol. Aos 32 minutos, após verificar no vídeo, o árbitro da partida entende que Vinícius Balieiro do Santos desvia a bola com o braço e anota penalidade máxima em favor do São Paulo. Com 35 minutos de jogo Calleri cobrando pênalti com categoria deixa tudo igual no Morumbi, com bola colocada no canto direito e goleiro João Paulo caindo para o canto esquerdo. A equipe são-paulina quase virou o placar no final do primeiro tempo com Rigoni, que aos 42 minutos avançou bem pelo meio e chutou, a bola passou perto da trave.

O segundo tempo começou e logo aos 6 minutos Felipe Jonatan bateu de direita para uma boa defesa de Volpi. Na sequência, com 9 minutos de jogo, o São Paulo pressionou o adversário, Luciano foi lançado por Rigoni dentro da área e tocou para o gol, mas o goleiro João Paulo em cima conseguiu fazer a defesa. Aos 17 minutos o São Paulo quase virou o jogo com Igor Gomes que finalizou de primeira uma bola cruzada na área, que não entrou porque foi desviada para escanteio. Após cruzamento de Nestor Calleri bateu para o gol e o goleiro do Santos fez boa defesa aos 28 minutos. Já aos 46 minutos, quase o segundo gol do Santos, Braga deixou para Felipe Jonatan que pega de primeira mas o goleiro Volpi espalmou para escanteio. Deixando todos sem chance para alterar o placar

Na próxima rodada o Santos recebe o Grêmio, na Vila Belmiro, no domingo, às 16h, enquanto o São Paulo visita o Cuiabá, na segunda-feira, às 20h (de Brasília).

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira