Últimas Notícias

Brasileirão: 26ª rodada teve triunfos convincentes de Atlético-MG, Flamengo e Internacional; visitantes não venceram

Feito por Alex Braz, Alex Sousa, Beto Sperandio, Isabela Castilho, Ítalo Cavalcanti, Rodrigo Andrade, Ryan Leal e Willian Pereira

A 26ª rodada do Brasileirão foi maravilhosa para os times que atuaram em seus domínios. Bahia, São Paulo e Chapecoense, foram os únicos mandantes que não venceram, ficando apenas no empate com Palmeiras, Ceará e Athletico, respectivamente. Por outro lado, Red Bull Bragantino, Flamengo, Atlético-MG, Fortaleza, Corinthians, Internacional e Cuiabá venceram e fizeram a alegria das torcidas presentes nos estádios. Confira as análises:

 

Red Bull Bragantino 1 x 0 Atlético-GO

Red Bull Bragantino e Atletico-GO abriram a 26° rodada do Brasileirão nesta terça-feira 12, no Nabi Abi Chedid. Com maior posse de bola, o Red Bull Bragantino teve logo aos 13 do primeiro tempo a oportunidade para abrir o placar quando Igor Cariús derrubou Helinho na área, o árbitro marcou pênalti que foi batido por Praxedes e defendido por Fernando Miguel.

Apesar do pênalti desperdiçado, o Red Bull Bragantino seguiu pressionando o visitante, que não conseguia manter a bola no pé. A primeira chegada do Dragão só aconteceu aos 26 minutos com André Luís. Aos 29, o Bragantino perdeu Eric Ramires com o segundo amarelo, por falta cometida em Zé Roberto.

Com um jogador a mais o Atlético esboçou uma pressão para cima dos donos da casa que aparentemente não sentiram a expulsão de Ramires. O primeiro tempo chegou ao fim com o 0 a 0 ainda no placar.

Assim como no primeiro tempo, o Red Bull Bragantino foi para cima com fome de gol e a primeira chegada aconteceu logo no segundo minuto de jogo, com uma bola levantada na área. Mesmo jogando com um a mais, o Atlético-GO não conseguia impor seu jogo e o Bragantino se manteve melhor no início no segundo tempo. Os visitantes seguiam sem assustar, e o jogo chegou aos 15 minutos sem nenhuma finalização do Dragão, que no primeiro tempo, só finalizou duas vezes, contra 13 do Bragantino.

O goleiro Fernando Miguel salvou o Atlético-GO mais uma vez, ao defender cara a cara aos 21, o chute do Ytalo. A pressão do Bragantino seguiu, até que, aos 24, Jadsom bateu no canto direto de Fernando Miguel para abrir o placar, 1 a 0. Logo após o gol do Massa Bruta, o Atlético enfim chegou, aos 27 do segundo tempo, de cabeça, Baralhas cabeceou por cima do gol de Cleiton.

Sem conseguir chegar dentro da área dos donos da casa, André Lima arriscou de fora, a quarta finalização no jogo para o Atlético-GO aos 39, mas o goleiro Cleiton segurou firme.

Na próxima rodada, o Dragão recebe o líder da competição Atlético-MG, já o Bragantino joga contra o Ceará, ambos os jogos às 18h15, no domingo (17).

 

Bahia 0 x 0 Palmeiras

Na volta da torcida a Fonte Nova, Bahia e Palmeiras empataram em 0 a 0.

A partida foi movimentada, mas faltou eficiência e empolgação em alguns momentos. No primeiro tempo, Bahia e Palmeiras dividiram as ações, mas sem nenhuma grande chance até os 31 minutos, quando Rony cabeceou por cima do gol após cruzamento de Raphael Veiga. Em seguida, Danilo Fernandes precisou fazer grande defesa após chute de Luiz Adriano fora da área. Aos 43, Raphael Veiga chutou com perigo para fora, foi o melhor momento do Palmeiras no jogo, enquanto o Bahia tentava encaixar contra-ataques, mas não obteve sucesso.

Na segunda etapa, o Bahia voltou melhor e dominou o Palmeiras até o fim do jogo. Mas apesar do ímpeto ofensivo, Jaílson evitou a vitória tricolor sendo exigido várias vezes até o final da partida. Nos primeiros 25 minutos, foram 3 grandes defesas do araueiro alviverde em chutes de Gilberto, Daniel e Lucas Mugni. Acuado na defesa, a situação do Palmeiras ficou ainda pior quando Wesley foi expulso aos 37. Com um a mais, os donos da casa mantiveram a pressão sobre a meta do Palmeiras, mas Jaílson, em noite inspirada, garantiu o placar.

Com o empate, o Bahia permaneceu em 17⁰ lugar e segue no drama do risco de rebaixamento. Já o Palmeiras, caiu da 3ª para a 5ª posição na tabela. O time de Abel Ferreira não vence há 5 jogos na competição.

 

Flamengo 3 x 1 Juventude

Com grande atuação no primeiro tempo, time misto do Flamengo vence o Juventude no Maracanã e segue na caça ao líder Atlético-MG.

Mesmo jogando sem boa parte de seus titulares, o Flamengo não tomou conhecimento do Juventude e teve mais uma grande exibição diante de sua torcida no Maracanã. O confronto foi decidido logo no 1⁰ tempo, com um Flamengo agressivo e apostando nas associações entre atletas e nas aglomerações na região de bola para quebrar a linha de 5 defensiva do Juventude. A estratégia funcionou. Aos 11 minutos, Kenedy fez boa tabela com Pedro, limpou a marcação e mandou para a rede. Aos 25, Pedro marcou livre na área após jogada de Filipe Luís e Michael pelo lado esquerdo. Aos 34, em falta há quase 30 metros de distância do gol, Andreas Pereira bateu direto dali e fez um golaço, o primeiro gol de falta do Flamengo desde 2018.

Na segunda etapa, o Juventude voltou melhor, com as linhas mais fechadas e uma estrutura mais sólida. Nos 11 minutos, William Matheus fez de cabeça após escanteio cobrado pro Chico. Mas não foi suficiente, o Flamengo usou o tempo que restava para administrar o resultado e dar rodagem ao time, até que a vitória fosse sacramentada.

Mesmo com o resultado, os dois times permaneceram em suas posições na tabela. O Flamengo, em 2⁰, enquanto o Juventude, em 15⁰.

 

Atlético-MG 3 x 1 Santos

Atlético-MG derrotou Santos por 3×1. Jogando em casa, o Atlético-MG começou a partida tomando a iniciativa e passou a etapa inicial inteira elaborando jogadas ofensivas e pressionando o Santos, que adotou técnicas típicas de estilo jogo defensivo, na tentativa de sair em contra-ataque em algum momento, o que acabou não ocorrendo devido as dificuldades em sair jogando e os primeiros 45 minutos acabaram sem gols.

Diferente da etapa passada, o peixe começou a etapa final indo para o ataque, aos 3, Raniel finalizou forte da entrada da área e abriu o placar. Após o gol, o galo voltou ao mesmo estilo do primeiro tempo e empatou aos 20, com um gol de pênalti de Nacho Fernandez, aos 29, Nathan Silva aproveitou uma cobrança de falta para cabecear e virar, seis minutos depois, Nacho cobrou outro pênalti, o goleiro defendeu mais o argentino aproveitou o rebote para fazer o terceiro.

 

Chapecoense 1 x 1 Athletico-PR

Na Arena Condá em Chapecó, a Chapecoense recebeu o Athlético-PR em busca da sua primeira vitória em casa. Mas acabou cedendo o empate no final da partida. O Athlético também buscava uma recuperação, após perder em casa na última rodada.

No primeiro tempo a Chape levou mais perigo, criando mais e levando mais perigo. O Athletico até teve mais a bola e tentou controlar o jogo, mas não conseguia criar. A Chape ainda chegou duas vezes com muito perigo, fazendo o Goleiro Santos trabalhar e se consagrar pra manter o placar em 0 a 0. O Furacão ainda tentou com Nikão e Léo Cittadini, mas sem perigo.

Na segunda etapa os times voltaram buscando o ataque e trocando golpes, o Athlético acertando a trave com Terans e no rebote o goleiro Keller fazendo uma bela defesa. Depois disso, a Chape foi pra cima e dominou as ações, atacando bastante e aos 12 minutos abrindo o placar com um belo gol de Matheus Ribeiro. O jogo se encaminhava para a segunda vitória no campeonato e a primeira em casa, mas o Athlético chegou ao empate com Christian aos 43 minutos após um belo cruzamento de Khellven. Final de jogo, Chapecoense 1 x 1 Athlético-PR

Na próxima rodada o Furacão recebe o Fluminense em uma briga direta para se manter na briga pelo G6. A Chape joga novamente em casa, desta vez contra o Fortaleza pra tentar vencer a primeira partida em casa e tentar sobreviver no campeonato.

 

Fortaleza 1 x 0 Grêmio

O Leão do Pici começou melhor, mas oportunidades de verdade só aos 15 minutos, numa cobrança de falta batida com perigo por Lucas Crispim que saiu por cima do travessão.

Aos 24 minutos, Matheus Vargas pegou um bom chute de fora da área, a bola desviou em Rodrigues e foi no canto esquerdo do goleiro Brenno, que fez ótima defesa, jogando para escanteio. Ato contínuo e o próprio Matheus Vargas recebeu a sobra na saída ruim do goleiro e colocou por cima da trave num chute colocado.

O primeiro tempo acabou sem muito mais emoção. Tendo um Fortaleza melhor na partida e buscando mais o jogo.

O segundo tempo começou com o Leão melhor, tal qual tinha terminado a etapa inicial. O time chegava mais na área. O Grêmio também levava algum perigo nos contra-ataques e fazia boas tramas pela direita com Ferreirinha. O Fortaleza tentava jogar pelos lados, mas o time gaúcho fechava os corredores. Com isso, a equipe cearense era forçada a jogar pelo meio, mas não conseguia se sobressair.

Aos 29 minutos, numa trama pelo meio, Felipe chutou de fora da área e o goleiro Breno fez uma bela defesa. Até que de tanto tentar pelo centro do campo, aos 33 minutos em uma linda jogada, Romarinho descolou um lindo passe para Pikachu, que fez um lindo domínio e chutou cruzado para marcar 1 a 0 para o Fortaleza.

O Grêmio se abateu com o gol. O jogo seguiu com o Fortaleza ainda tentando alguns arremates de fora da área, mas não houve muito mais que isso. A partida acabou com o resultado conquistado no segundo tempo. Vitória do Leão.

Na próxima​ rodada o Fortaleza enfrentará a Chapecoense na Arena Condá. Já o Grêmio receberá o Juventude para o clássico gaúcho

 

Corinthians 1 x 0 Fluminense

Corinthians e Fluminense fizeram um duelo pelo G4, na Neo Química arena, onde o lado alvinegro saiu vitorioso.

Em um primeiro tempo com poucas emoções, o destaque foi para o Willian, que saiu chorando aos 10 de jogo, com uma pequena lesão na coxa, dando lugar para o Gustavo Silva. Cássio, com duas boas defesas ajudou o Timão levar o 0 a 0 para o vestiário.

Já no segundo tempo, o destaque foi para o Garoto Gabriel Pereira, que com uma chapada linda depois de uma bela assistência de Gustavo Silva anotou o primeiro gol do Timão e o gol da vitória do time alvinegro. O triunfo deixa o Corinthians com o mesmo numero de pontos do rival Palmeiras, com 40 pontos.

O Corinthians vai a campo na próxima segunda-feira (18), às 20h, para enfrentar o São Paulo, no Morumbi. Já o Fluminense recebe o Athletico-PR, no Maracanã, domingo (17) às 16h. Ambos os jogos são válidos pela 27ª rodada.

 

Internacional 3 x 1 América-MG

Internacional derrotou América-MG por 3×1. Mesmo jogando fora de casa, o América-MG começou o primeiro tempo realizando as melhoras jogadas de ataque, mas em pouco tempo o Internacional conseguiu se recuperar e aos 13, Patrick aproveitou uma cobrança de falta para pegar de voleio e abrir o placar, dois minutos depois, Ademir aproveitou a sobra de um bate-rebate na entrada da área para marcar e empatar para o coelho.

No segundo tempo, a equipe colorada continuou botando pressão e retomou a vantagem aos 17 da etapa final, quando Patrick aproveitou um cruzamento para cabecear e fazer seu segundo gol, o segundo também dos mandantes. O time mineiro continuou elaborando jogadas de ataque, mas sempre esbarrava na defesa do Inter, que chegou ao terceiro gol aos 44 do segundo tempo, quando Yuri Alberto aproveitou um rebote do goleiro para fechar o placar

 

São Paulo 1 x 1 Ceará

Na noite desta quinta (14), tivemos em campo o São Paulo enfrentando o Ceará.
Aos 11 minutos, Kelvyn chutou forte de dentro da área forçando o goleiro Volpi a voar para salvar o que poderia ser o primeiro gol do jogo e do Ceará. Aos 23 minutos, Fabinho chuta de canhota no ângulo e abre o placar para o Ceará (1 a 0). Aos 24 minutos o gol foi confirmado, pois o VAR não viu irregularidade no lance. Aos 41 minutos, Luciano cabeceia na trave, logo depois chega Igor Gomes para mais uma finalização, mas comete falta em Gabriel Lacerda. Aos 50 minutos (nos acréscimos), Cleber cabeceou no cantinho e mais uma vez Volpi defendeu salvando a equipe são paulina.

No retorno do intervalo, aos 2 minutos do segundo tempo, Luciano chuta de fora da área obrigando o goleiro Richard buscar no cantinho do gol e mandar para escanteio. Aos 7 minutos Jonathan Calleri recebe a bola no pé, bate e no rebote do goleiro bota pra dentro empatando o jogo em 1 a 1. Aos 17 minutos, Luciano cabeceou porém foi a esquerda do gol. Aos 27 minutos novamente Volpi voa para defender após um chute colocado no ângulo.

O próximo jogo do São Paulo será na segunda (18), às 20h00 contra o Corinthians, já o Ceará enfrenta o RB Bragantino, no domingo (17), às 18h15.

Cuiabá 1 x 0 Sport

O Cuiabá começou com mais intensidade, mas não conseguiu converter em chances reais de gol. O Sport, bem postado na defesa, também era rápido na transição para o ataque e foi mais perigoso no setor ofensivo. Mikael teve a primeira chance, e Pepê respondeu em seguida. Depois, Jenison teve boa chance da entrada da área mas perdeu a oportunidade. O Sport chegou a abrir o placar, mas o lance foi anulado por impedimento.

Na etapa final, os donos da casa voltaram com mais vontade e arriscou o primeiro chute logo no primeiro minuto com Clayson. Depois, o Sport respondeu com Max. Aos 27, enfim, o gol. Sander derrubou Felipe Marques na área, e Elton cobrou e fez o único gol do jogo. O Cuiabá se fechou e deu a bola para o adversário, que não conseguiu empatar. No fim, o Dourado quase ampliou com Uendel, mas o placar não teve mais alterações.

Na próxima rodada, o Cuiabá encara o Flamengo, às 20h30, no Maracanã. O Sport no mesmo horário recebe o Santos, na Arena de Pernambuco. Os dois jogos acontecem no domingo.

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira