Últimas Notícias

Indian Wells: Semifinais sem Top-10

Neste sábado (16) e domingo (17) teremos as finais do Masters 1000 de Indian Wells. Favoritos no masculino e no feminino caíram e as zebras tomaram conta das quadras norte-americanas.

Na quinta (14) e sexta (15), tivemos a definição das semi-finais do torneio masculino de Indian Wells e tivemos 4 surpresas entre os semi-finalistas.

simples masculino

Na quinta-feira, Grigor Dimitrov já havia causado surpresa ao eliminar o principal candidato ao título, Daniil Medvedev, e continuou surpreendendo, ao vencer o 12º colocado do ranking, Hubert Hurkacz. O polonês saiu na frente, vencendo o primeiro set com parcial de 6/3. No segundo Set Dimitrov respondeu a altura e conseguiu fechar com parcial de 6/4. No terceiro e mais emocionante set, tivemos a disputa do Tie Break, onde Dimitrov saiu vencedor, chegando novamente a uma semi-final de Masters 1000 após dois anos, além de chegar a uma marca especial, a de 100 vitórias em Masters 1000. Na semi-final deste sábado (16), ele enfrentará o britânico Cameroon Norrie.

Cameroon Norrie fez uma partida excelente e quase sem erros contra o argentino Diego Schwartzman. Com 6 quebras de saque durante o jogo, deu a oportunidade de Schwartzman vencer apenas 2 games durante a partida. Fechando o jogo em 2 sets a 0 com parciais de 6/0 e 6/2.

Na sexta foi a vez de dois grandes favoritos ao título entrarem em quadra. Primeiro, foi a vez do número 4 do ranking, Alexander Zverev entrar em quadra pra enfrentar o norte-americano Taylor Fritz. Zverev saiu na frente, vencendo o primeiro set com parcial de 6/4. No segundo set Fritz se recuperou e devolveu as quebras do primeiro. Acabou fechando o set com parcial de 6/3. No set decisivo tivemos muita emoção. Com os dois jogadores muito seguros, Zverev conseguiu uma quebra importante, o que o levou ao saque para fechar o jogo. O alemão ainda teve dois match points, e, no segundo, ele cometeu uma dupla falta, parecendo ter abalado o numero 4 do ranking. Fritz conseguiu devolver a quebra e levar o jogo para o Tie Break. No Tie Break, Fritz comandou as ações e chegou a abrir 4 a 0. Com algumas trocas de pontos, chegou a ficar com o placar de 6 a 1, tendo 5 Match Points, mas só conseguiu aproveitar a chance no terceiro, quando sacou pra confirmar a vitória e chegar à semi-final. Fritz enfrenta agora o Georgiano Nikoloz Basilashvili, que derrotou outro favorito ao título, o Grego Stefanos Tsitsipas.

Nikoloz Basilashvili, de 29 anos, chegou a sua primeira semi-final de Masters 1000 ao vencer o número 3 do ranking, Stefanos Tsitsipas. Em um jogo muito equilibrado, onde ambos os tenistas quebraram 4 serviços no jogo. Basilashvili tentava definir os pontos mais rapidamente, mas Tsitsipas estava levando vantagem. O Georgiano abriu 4 a 1 com duas quebras no primeiro set, Tsitsipas ainda devolveu uma quebra, mas não foi o suficiente para salvar o set. Basilashvili fechou com parcial de 6/4. No segundo set, Tsitsipas quebrou o serviço de Basilashvili em duas oportunidades, empatando o jogo com parcial de 6/2. No terceiro set, o Georgiano abriu logo 2 a 0 e conseguiu controlar os games até fechar com parcial de 6/4, se classificando pela primeira vez para uma semi-final de Masters 1000.

  • Semi-finais
    • Grigor Dimitriv x Cameron Norrie
    • Taylor Fritz x Nikoloz Basilashvili
SIMPLES FEMININO

No simples feminino, também tivemos surpresas nas finais. Após algumas quedas no ranking, Victoria Azarenka, hoje 32ª colocada no ranking, volta à uma final de Masters 100 e busca o tricampeonato neste torneio. Mas não vai ser um jogo simples, já que enfrenta a espanhola Paula Badosa, 27ªcolocada no ranking, que eliminou grandes nomes do ranking como Barbora Krejcikova e Angelique Kerber. A final está agendada pra o próximo domingo (17).