Últimas Notícias

Brasileirão: 27ª rodada tem vitórias de Fortaleza e Palmeiras, e tropeço dos líderes; São Paulo vence o clássico

Feito por Alex Sousa, Igor de Paiva, Isabela Castilho, Ítalo Cavalcanti, Maylana Fernandes, Rodrigo Andrade, Ryan Leal e Willian Pereira.

 

A 27ª rodada do Brasileirão teve tropeço dos líderes Atlético-MG e Flamengo, jogando contra Atlético-GO e Cuiabá, respectivamente. Abaixo deles, Fortaleza e Palmeiras venceram os duelos contra Chapecoense e Internacional e se distanciaram para o Red Bull Bragantino, quinto colocado, que empatou com o Ceará. No clássico da rodada, o São Paulo bateu o Corinthians por 1 a 0. Confira as análises:

Beto Sperandio/ESF

Chapecoense 1 x 2 Fortaleza

Fortaleza vence a Chapecoense fora de casa e segue no G-4.

Na primeira etapa, o Fortaleza dominou as ações na maior parte do tempo. Nos minutos iniciais, o tricolor do Pici impôs um volume imenso no campo da Chapecoense. A pressão inicial deu resultado logo aos 5 minutos. Após receber a bola na esquerda, Bruno Melo tentou cruzamento e contou com desvio de Matheus Ribeiro para a bola mudar de trajetória e ir em direção ao gol, surpreendendo Keiller, que nada pode fazer. Após o gol, o Fortaleza continuou no campo da Chape e chegou a ampliar com Yago Pikachu, mas o gol foi anulado pelo VAR por identificar impedimento do lateral.

A equipe visitante ainda teve boas chances com Bruno Melo e Matheus Vargas, mas Keiller impediu. Aos 41 minutos, quando o jogo parecia estar controlado para o Fortaleza, Rodriguinho pressionou a saída de bola adversária, roubou a bola de Marcelo Benevenuto, ficou cara a cara com Felipe Alves e mandou para o fundo do gol, empatando o jogo.

No segundo tempo, a Chapecoense voltou com mudanças e chegou a esboçar uma virada nos primeiro minutos, mas não conseguiu ser efetiva. Após o ímpeto da Chape diminuir, o jogo ficou morno, com nenhuma das duas equipes conseguindo criar. Aos 30 minutos, Yago Pikachu cobrou falta na área e Bruno Melo desviou de cabeça para o gol, mas o lance foi invalidado pelo VAR, após Tinga, que estava em impedimento, ter atrapalhado a visão de Keiller. Aos 42 minutos, o VAR foi cruel com a Chapecoense. Kaio Nunes driblou Yago Pikachu na entrada da área e fez um belo gol, mas o árbitro de vídeo anulou por identificar uma mão da Chape na sua área no início do lance. Pênalti para o Fortaleza. Yago Pikachu converteu e garantiu a vitória para o tricolor do Pici.

Com a vitória, o Fortaleza se mantém em 3⁰ lugar na tabela de classificação e foi a 42 pontos. Já a Chape, segue na lanterna, com apenas 13 pontos.

 

América-MG 0 x 0 Bahia

América-MG e Bahia não saem do zero no Independência.

Em duelo movimentado, mas de pouca eficiência, América-MG e Bahia se enfrentaram no último sábado (16) na Arena Independência. Na primeira etapa, foram muitos erros de passe e erros de finalização por parte dos dois times. Os destaques vão para os goleiros Danilo Fernandes e Matheus Cavichioli, que garantiram o resultado. As principais chances do América no primeiro tempo foi com Ademir e Fabrício Daniel, mas a zaga tricolor impediu. Pelo lado do Bahia, Juninho Capixaba obrigou o arqueiro americano a realizar grande defesa antes do intervalo.

Na segunda etapa, a falta de pontaria permaneceu. Ademir e Gilberto tiveram as principais chances no segundo tempo, mas nào conseguiram abrir o placar. Mesmo com as mudanças dos dois lados, os dois times não conseguiram sair com a vitória. Aos 44 minutos, após cruzamento de Ademir, Luiz Otávio quase fez contra aquele que seria o tento da vitória dos donos da casa.

Com o empate, o América permanece em 12⁰ lugar na tabela, com 32 pontos. Já o Bahia, escapou da zona de rebaixamento com o ponto conquistado e agora ocupa a 16ª colocação, com 28 pontos.

 

Palmeiras 1 x 0 Internacional

Em uma tarde chuvosa na capital paulista, Palmeiras e Internacional se enfrentaram pela vigésima sétima rodada do campeonato brasileiro, e o lado alviverde saiu sorrindo do duelo e com os três pontos contra o gaúcho.

Em um primeiro tempo bem movimentado com direito a bola na trave do lado alviverde, o placar não foi alterado, Palmeiras subindo a linha e com bastante jogadas pela lateral não conseguiu furar a zaga do internacional.

Já em um segundo tempo, aos 53 min Raphael Veiga de pênalti inaugura o placar, depois de uma jogada pela lateral Roni tenta o cruzamento e a bola bate na mão do zagueiro Victor Cuesta, um pênalti muito contestado que geral na expulsão do jogador Edenilson, deixando o colorado com um a menos, após exceder no nível de reclamação com arbitro Braulio da Silva Machado, e foi isso com esse gol a equipe alviverde.

Na vigésima oitava rodada o Palmeiras recebe na segunda feira (25) o Sport no Allianz parque as 21:30.

Já o Internacional recebe em Porto Alegre a equipe do Corinthians no domingo (24) as 16:00 em um duelo que vale diretamente para a briga da libertadores.
OBS: O Inter em rodada atrasada recebe o Bragantino em porto alegre na quinta feira (21) as 20:00 pela rodada decima nona rodada.

 

Athletico 0 x 1 Fluminense

Fluminense derrotou Athletico-PR por 1×0 em Curitiba. O Athletico-PR se aproveitou para passar a primeira metade do primeiro tempo pressionado o Fluminense, que estava com dificuldade para bolar jogadas ofensivas e levar perigo ao gol do furacão, mas foi nessa etapa que saiu o gol, já que aos 33, o tricolor cruzou para a área e em uma saída errada de Santos, Zé Ivaldo marcou contra.

O Rubro-negro ainda fez jogadas ofensivas antes do fim da etapa inicial, mas foi só, já no segundo tempo, os mandantes caíram de rendimento e passaram a ter a mesma dificuldade que a equipe carioca teve no primeiro tempo. Enquanto o Fluminense continuou cometendo muitos erros nas jogadas de ataque, o Athletico-PR continuou saber como empatar, os dois lados tiveram chances, mas esbarraram nos goleiros e na falta de pontaria.

 

Grêmio 3 x 2 Juventude

Em jogo realizado na Arena do Gremio, no último Domingo(17), a equipe mandante saiu com resultado positivo sob o juventude. Vale lembrar que o confronto foi a estreia de Vagner Mancini no comando do imortal.

Na primeira etapa, o grêmio se jogou ao ataque, entretanto ficou preso na defesa do rival, mas não por muito tempo. O primeiro gol surgiu após uma bola desviada por Alisson que bateu no travessão e sobrou para Douglas Costa desviar para o Gol. Já o segundo, começou com um chute fora da área de Alisson que foi defendido pelo goleiro adversário de forma parcial. Com isso, Diego Costa Aproveitou o rebote e fez o gol.

Na segunda etapa, o grêmio continuo no ataque e com isso fez o terceiro gol. Após cruzamento de Rafinha completo com um peixinho de Villasanti. Entretanto, o Juventude reagiu, com gols de Sorriso e Roberson, ambos sendo iniciados por cruzamentos.

Na próxima rodada, Grêmio vai ao Antônio Accioly encarar o Atlético-GO, enquanto o Juventude enfrenta o Ceará em seus domínios.

 

Ceará 2 x 2 Red Bull Bragantino

Ceará e RB Bragantino empatam em 2×2 em Fortaleza. O Ceará começou o primeiro tempo elaborando as jogadas ofensivas iniciais e interrompendo os ataques do RB Bragantino, mas foram os visitantes que abriram o placar, quando foi iniciado um contra-ataque após uma roubada de bola e Helinho tabelou com Hurtado para finalizar aos 11. Desde então, a partida ficou equilibrada, com ambos atacando, mas sem marcar.

No segundo tempo, o Vozão voltou a pressionar, mas não soube aproveitar as próprias chances, pouco depois, em um dos seus poucos momentos de ataque, o RB Bragantino voltou a criar e ampliou aos 24, com finalização de fora da área de Alerrandro. Apesar da desvantagem, os mandantes voltaram a pressionar; aos 45, Fabricio Bruno desviou uma finalização e contribuiu para o primeiro gol do alvinegro, aos 52, Gabriel Lacerda aproveitou uma sobra após disputa aérea para empatar.

 

Atlético-GO 2 x 1 Atlético-MG

O time de Minas começou, como era esperado, atacando e propondo mais o jogo. Por volta dos 6 minutos tivemos um lance polêmico de mão dentro da área do Atlético GO. Porém, o juiz verificou no VAR e marcou apenas lateral para o Galo. Não considerou o toque de mão assintoso e intencional.

O Atlético MG levava mais perigo, principalmente​ pelo lado esquerdo do seu ataque. Marcava pressão na saída de bola e pouco permitia o avanço adversário.

O Atlético GO praticamente não conseguia trabalhar a bola.
Até que aos 33 minutos, numa jogada de Janderson pela esquerda do ataque, Zé Roberto recebeu e chutou forte, mas o goleiro Everson fez grande defesa. Essa foi a primeira finalização do Dragão.

O primeiro tempo acabou sem mais tanta emoção. O Galo comandava as ações ofensivas, mas o Atlético Goianiense era mais perigoso quando saía para os contra-ataques.

O segundo iniciou da mesma maneira que o primeiro, com o galo em cima, apertando, tendo tendências ofensivas mais pelo meio e lado direito do ataque.

Até que aos 13 minutos, numa cobrança de escanteio, o Atlético MG abriu o placar com um gol de cabeça de Nathan Silva. Nao durou muito a alegria dos mineiros, porque aos 20 minutos o Goianiense buscou seu gol de empate, depois de uma roubada de bola na intermediária, após uma saída de bola errada de Tchê Tchê.

O Galo não se oprimiu. Continuava propondo o jogo. O Atlético Goianiense se segurava e fechava muito bem a área. Até que aos 35 minutos, depois de uma jogada resultada de escanteio, a bola sobrou para Oliveira, que chutou forte no canto esquerdo de Everson, virando o jogo para o Dragão.

O Atlético Mineiro ainda tentou buscar forças para o empate, mas pouco feriu o time goiano, que continuava se fechando bem. Assim, o fim de papo em Goiás terminou em 2 a 1 para o Atlético Goianiense.

Com o resultado os mineiros perderam a chance de aumentar ou pelo menos manter a distância em pontos para o Flamengo. Já o Goianiense pulou para o 10° lugar. Na próxima rodada o Galo receberá o Cuiabá. Já o Dragão jogará contra o Grêmio em casa

 

Flamengo 0 x 0 Cuiabá

A equipe carioca começou pressionando e com menos de 2 min, Gabi chutou forte para o gol mas o goleiro Walter defendeu. Aos 8 minutos, Michael marcou para o Flamengo, porém (o juiz recorreu ao VAR para ver se o jogador Matheus interferiu na ação do gol e a partida ficou interrompida mais de 3 minutos) o gol foi anulado por impedimento Aos 50 min. o Cuiabá chegou ao ataque com Camilo que tentou de peito, porém Diego Alves se esticou todo para salvar o Flamengo.

Aos 10 min. do segundo tempo Michael finalizou cruzado porém o goleiro Walter espalmou para impedir o gol do Flamengo. Aos 18 minutos o atacante Gabi cabeceou, porém a bola passou por cima do gol. Aos 19 min. Michael bateu cruzado mas a bola saiu a esquerda do gol do goleiro do Cuiabá. Aos 36m Michael chutou cruzado e novamente o goleiro Walter fez a defesa.

 

Sport 0 x 0 Santos

No domingo (17), aconteceu o jogo entre Sport e Santos, que ficaram no 0x0, em partida realizada na Arena Pernambuco.

Apesar do empate sem gols, o Leão chamou atenção pela a entrega que teve em campo, com destaque para o desempenho dos rubro-negros no segundo tempo.

Mas, o ponto conquistado acabou sendo melhor para o Peixe, que fica em 15º, enquanto o Leão desperdiça mais uma chance de deixar a zona de rebaixamento. O ponto conquistado pelo o Santos foi providencial para se manter fora do Z-4, já que, com uma derrota, o time terminaria em 16º – por conta do desempate no saldo de gols com o Juventude.

Na próxima rodada, o Sport joga no dia 25 contra o palmeiras, às 21h30, no Allianz Parque. Dois dias antes, no sábado (23), o Santos recebe o América-MG, às 21h, na Vila Belmiro.

 

São Paulo 1 x 0 Corinthians

O jogo começou quente, com os donos da casa pressionando e, não demorou para abrir o placar. Luciano fez o primeiro gol aos dois minutos, porém, foi marcado impedimento no lance. Pouco depois, o Tricolor, conseguiu, enfim, inaugurar o marcador. Aos seis, Reinaldo recebeu na esquerda e cruzou para Calleri deixar o dele.

Após o lance, o Corinthians conseguiu se recompor melhor defensivamente e, até assustou no ataque. Renato Augusto recebeu de frente para Volpi, mas perdeu em dividida para o goleiro são-paulino. Igor Gomes respondeu em chute colocado, mas este foi para fora. Antes do segundo tempo acabar, Du Queiroz e Liziero se desentenderam e a confusão se tornou generalizada. No fim, um amarelo para cada.

Na etapa final, o São Paulo começou pressionando e seguiu o ritmo imposto no primeiro tempo. Com um jogo muito truncado, o São Paulo foi assustar novamente somente aos 37, em chute de Luciano na trave.

Na próxima rodada o Corinthians enfrenta o Internacional, às 16h, no Beira-Rio, no domingo, enquanto o São Paulo visita o Red Bull Bragantino, às 18h15, também no domingo.

Veja a classificação:

Beto Sperandio/ESF

 

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira