Últimas Notícias

Em noite de muito brilho para o Lakers, Carmelo torna-se o nono maior cestinha da história da NBA

No domingo (24), o Los Angeles Lakers venceu sua primeira partida na temporada contra o Memphis Grizzlies, por 121 a 118. A primeira vitória teve, certamente, significado especial para o veterano Carmelo Anthony.

+ Veja a classificação completa da NBA 2021/2022

O craque saiu do banco de reservas para liderar o triunfo contra o Menphis Grizzlies anotando 28 minutos, incluindo, seis cestas de longa distância.  Assim, ele alcançou 27.423 pontos na carreira e superou o lendário Moses Malone, para tornar-se o nono maior cestinha da história da NBA.

“ Eu ainda estou aqui, jogando basquete. Isso é o que, por fim, deixe-me mais animado. Esta é a 19° temporada da minha carreira realizando o que sou capaz dentro da quadra enquanto um apaixonado pelo o basquete. Ainda sou apaixonado, aliás, em treinar todos os dias e melhorar. E que melhor noite para conseguir tal feito, então, do que em uma vitória tão necessária? “, celebrou a ala, em entrevista após o triunfo por 121 a 118.

Carmelo anotou 18 dos seus 28 pontos no segundo tempo, ao passo em que realizava a sua melhor  atuação no Lakers. A marca histórica foi atingida após duas cestas de três convertidas em sequência no terceiro período. Ele ainda acertou dois lances livres que asseguraram a vitória Angelina com 1.9 segundo no crônometro e, como resultado, encerrou sequência de oito derrotas seguidas (somando pré-temporada) do time.

Virar o nono maior cestinha da história da história da NBA encerra, aliás, uma ótima semana para Carmelo. O craque de 37 anos já havia sido eleito, anteriormente, como um dos melhores 75 melhores jogadores da liga em lista oficial comemorativa. Quem vê os quase 28 mil pontos de carreira pode ter a impressão de que essa marca foi relativamente simples, mas o ala garante que é produto de uma vida de dedicação.

Foto destacada: Adam Pantozzi/ NBA

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira