Últimas Notícias

Minas Tênis Clube rescinde contrato com Maurício Souza

Após reunião da diretoria e pressão dos patrocinadores, o Minas Tênis Clube optou por rescindir o contrato do central Maurício Souza nesta quarta-feira (27). A decisão foi tomada um dia após o afastamento integral do atleta, consequência de suas postagens com teor homofóbico nas redes sociais.

Além de ter sido afastado, Maurício foi multado e convidado a se retratar publicamente. A rede social escolhida por ele foi o Twitter, que contava com menos de 50 seguidores na hora da postagem, enquanto seu Instagram já possuia 250 mil.

O fato gerou insatisfação por parte das patrocinadoras, que também queriam que as publicações discriminativas fossem apagadas. Enquanto as partes se reuniam para definir seu futuro, o jogador se pronunciou através de um vídeo publicado na mesma rede onde fez as postagens que repercutiram negativamente.

Eu vim aqui pedir desculpas a todos que se sentiram ofendidos com a minha opinião. Não foi a minha intenção. Assim como vocês defendem o que vocês acreditam, eu também tenho o direito de defender o que eu acredito. […] Joguei com vários homossexuais e nunca desrespeitei, sempre fiz amizade. […] Infelizmente, a gente não pode mais dar opinião. A gente não pode mais colocar os valores acima de tudo. Mas o valores de vocês a gente tem que respeitar a qualquer custo. […] Talvez eu venha a sair do time por conta de uma opinião. A vontade de vocês foi essa e está sendo acatada. Mas se eu sair do time, pode ter certeza que eu vou arrumar outro time pra jogar. […] Os patrocinadores repudiaram. Eu não sei o que eu fiz, se foi algum crime… Se fosse crime, eu já tava preso. […] Obrigado a todos que me apoiaram aí, que pensam como eu. […] O que eu acredito ser certo, não é o que você acredita ser certo. A gente tem que conviver com isso, cada um respeitando o outro. […] O preço eu pagando, e eu vou pagar. E eu vou continuar jogando, continuar fazendo aquilo que eu tenho que fazer“, disse.

O vídeo não agradou ao clube, que, minutos depois, soltou uma nota oficial comunicando o fim do vínculo que iria até o final da atual temporada.

Renan dal Zotto (verde) conversa com Maurício (camisa 13) e outros jogadores da Seleção Brasileira (Foto: CBV/Divulgação)

Além do Minas, a Seleção Brasileira também ‘fechou as portas’ para Maurício Souza. Em entrevista ao jornal O Globo, o técnico Renan dal Zotto comentou a respeito do caso.

Fiquei decepcionado. É inadmissível este tipo de conduta do Maurício e eu sou radicalmente contra qualquer tipo de preconceito, homofobia, racismo. E se tratando de Seleção Brasileira, não tem espaço para profissionais homofóbicos. Acima de tudo preciso ter um time e não posso ter este tipo de polêmica no grupo.”

A estreia do Minas na Superliga Masculina ocorre no próximo sábado (30) às 20h (horário de Brasília). O time pega o São José na Arena Minas em jogo válido pela segunda rodada.