Últimas Notícias

Australian Open: Numero 1 do mundo, Novak Djokovic tem seu visto cancelado e fica fora do primeiro Grand Slam do ano

Sérvio tinha autorização da ATP para participar do Australian Open sem a comprovação da vacina contra a Covid-19.

Na última quarta-feira (5), o tenista sérvio Novak Djokovic chegou ao aeroporto de Melbourne para a preparação para o Australian Open, que tem início no dia 17 de Janeiro, mas foi barrado na imigração do próprio aeroporto. Além de Nole, mais 25 pessoas tiveram problemas por não ter a comprovação da vacina para entrar no país.

O primeiro-ministro autraliano se pronunciou informando o cancelamento do visto do atleta:

O visto de Djokovic foi cancelado. Regras são regras, especialmente quando se trata de nossas fronteiras. Ninguém está acima dessas regras. Nossas fortes políticas de fronteira têm sido fundamentais para que a Austrália tenha uma das taxas de mortalidade mais baixas do mundo devido à COVID. Continuamos vigilantes

Scott Morrison – Primeiro-ministro australiano

O Governo Sérvio ainda tenta uma liberação para que o atleta consiga participar para defender o título do torneio. Algumas pessoas sem a vacina conseguiram autorização especial para entrar no país, sendo assim, tanto o tenista, quanto o governo sérvio aguardam uma posição das autoridades australianas, que pode sair a qualquer momento, sendo positiva ou negativa.

Foto: Instagram

Segundo informações da imprensa local, o que realmente barrou a entrada do jogador no país foram algumas dúvidas quanto a documentação do Tenista para tentar justificar a autorização de entrada sem a vacina.

Quem também foi perguntado sobre o assunto e não se absteve foi o espanhol Rafael Nadal:

Foto: Getty Images

“Ele (Djokovic) sabia que sem vacina não poderia vir para cá. A minha opinião é clara. Temos que tomar a vacina. Eu sinto por ele, mas como adulto tomou as suas próprias decisões. Confesso que não gosto da situação, mas repito que todos os tenistas sabiam das regras e condições”

Rafael Nadal

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira