Últimas Notícias

Anfitriã Barty fatura Australian Open e quebra jejum de 44 anos

Após 44 anos, uma mulher da Austrália voltou a conquistar o Australian Open. Ashleigh Barty bateu a americana Danielle Collins neste sábado (29) por 2 sets a 0 (6/3 e 7/6 (7-2)), com apenas 1h29 de jogo. Com o resultado, Barty segue como número 1 do mundo, enquanto Collins entra no top 10, se tornando a melhor americana na WTA.

+ Austarlian Open: Rafael Nadal e Daniil Medvedev fazem a final do primeiro Grand Slam do ano

O jogo começou tenso e as sacadoras conseguindo vantagem nos games iniciais. Barty foi a primeira a enfrentar um break-point e salvou um no quinto game. Depois, foi a vez de Barty pressionar o serviço de Collins, que, na primeira oportunidade cedida, levou a quebra.

Em vantagem, Barty foi se soltando e dominou a situação. Ela administrou a vantagem até o fim e fechou o primeiro set com 73% de aproveitamento no serviço. No segundo set, Collins começou arasadora e forçou uma quebra a Barty, que só havia perdido o saque apenas uma vez, nas oitavas de final, contra Amanda Anisimova. Barty teve duas oportunidades de devolver o break em seguida, mas sem sucesso.

A americana foi ficando mais confiante e a definição da partida foi para o tiebreak, onde Barty controlou melhor o jogo e aproveitou a arrancada final para ficar com o título.

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira