Últimas Notícias

Rafael Nadal faz historia e se torna o maior campeão de Grand Slam de todos os tempos

Mais de 5 horas de partida e com uma virada espetacular, que não acontecia desde 1965, o espanhol derrotou Daniil Medvedev por 3 sets a 2 e conquistou o seu 21º Grand Slam, superando Roger Federer e Novak Djokovic.

+ Australian Open: vice-campeã de duplas, Bia Haddad está contente com superação

O jogo começou tenso para Nadal, que tentava arriscar um pouco mais, mas enfrentou um Medvedev atacando bastante e com muita precisão. Com saques potentes e duas quebras de saques seguidas, fechou o primeiro set em 6/2, dando a entender que iria atropelar o espanhol.

No segundo set, Nadal voltou mais mais cauteloso, e conseguiu voltar para o jogo. Conseguindo sua primeira quebra no jogo, mas logo em seguida Daniil devolveu a quebra e ambos foram alternando games até chegar no Tie Break. No Tie Break Daniil conseguiu controlar e acabou vencendo por 7 a 5, fechando a segunda parcial em 7/6.

A partir do 3º set Rafael Nadal começou a mostrar porque é considerado um dos maiores esportistas de todos os tempos. Conseguiu elevar o seu nível e acertando 82% dos seus primeiros saques, fez Medvedev correr muito. O russo também não entregava os pontos, sem bola perdida, fez Nadal trabalhar muito pra conseguir reagir. Sem sofrer quebras, Nadal fechou a parcial em 6/4, voltando de vez pro jogo.

No quarto set, o equilíbrio continuou e Nadal precisava se esforçar muito pra conseguir superar o então numero 1 do mundo. Cada game jogado era muito disputado, mas com o nível elevado, Nadal começou a entrar na mente de Medvedev e isso desestabilizou o russo, que caiu um pouco de rendimento. Com duas quebras contra uma de Medvedev, Nadal conseguiu fechar a quarta parcial em 6/4 e levar o jogo para o quinto e último set.

No quinto set Nadal precisava fazer historia para conseguiu derrotar Daniil. Isso porque a última vez em que houve uma virada com 2 sets a 0 contra foi no ano de 1965, quando o australiano Roy Emerson derrotou outro australiano, Fred Stolle pelo placar de 3 a 2.

Nadal começou com tudo, quebrando um saque de Medvedev no quinto game da parcial. O russo que chegou a pedir atendimento de fisioterapeutas durante a partida estava desgastado, mas não se entregava. O espanhol chegou a sacar para ganhar o título, quando estava 5/4, mas Medvedev, bravamente conseguiu quebrar o saque.

No game seguinte, poderia ter passado a frente, mas viu mais uma vez o espanhol se superar e quebrar novamente o saque, abrindo 6/5 e tentar sacar novamente para vencer a partida. E isso aconteceu, finalmente, com um game bem agressivo, forçando o russo a errar e com 5 horas e 24 minutos de jogo, o espanhol fez historia ao entrar pra uma lista pequena de tenistas que ganharam 2 vezes cada Grand Slam, hoje somente Nadal e Djokovic tem esse histórico.

Rafael Nadal com o troféu do Australian Open – Foto: Getty Images

Rafael Nadal chegou a cogitar uma aposentadoria no final de 2021, quando precisou fazer uma cirurgia, por um problema crônico no pé esquerdo. E esse foi mais um motivo para que o espanhol ficasse visivelmente emocionado após cada rodada em que ia avançando. Com muita força física e principalmente mental, conseguiu dominar todos seus jogos e, mesmo em situações difíceis, soube manter a calma para reverter. O próximo Grand Slam do ano é em Roland Garros, “casa de Nadal”, onde o espanhol já foi campeão 13 vezes. Será que vem o 22 título de Grand Slam? Lembrando que a França também vai exigir o passaporte de vacina para entrar no país, detalhe que tirou Novak Djokovic do Australian Open.

Veja mais notícias do Esporte sem Fronteira