América do Sul

Brasil derrota Paraguai em noite com recorde nas eliminatórias

Nesta terça (01), no estádio Mineirão, o Brasil derrotou o Paraguai por 4×0 em jogo válido pela 16ª rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo. Enquanto os brasileiros alcançaram os 39 pontos e na liderança, os paraguaios continuam em nono lugar, com apenas 13 pontos, sem mais chances de ir para o torneio mundial.

No primeiro tempo, a Albirroja construiu boas jogadas, mas teve dificuldade para levar perigo em uma parte da partida dominada através de posse de bola e jogadas rápidas pela seleção canarinho. Aos 16, Marquinhos fez um lançamento, para Raphinha, que cortou para dentro, chutou rasteiro e fez seu terceiro gol nas eliminatórias sul-americanas.

No segundo tempo, as posturas se mantiveram e aos 16, o camisa 4 fez um passe para Phillippe Coutinho, que ampliou arriscando de fora da área, o atleta do Aston Villa não marcava pela seleção há quinze meses, dos quais nove passou lesionado na coxa. Aos 40, Antony, que entrou no lugar de Vinicius Jr, mandou colocado para fazer o terceiro.

Coutinho comemorando seu gol. Crédito: Lucas Figueiredo/CBF.

Dois minutos depois, Rodrygo recebeu um passe realizado na saída de Antony Silva e aproveitou o gol vazio para marcar seu primeiro tento com a amarelinha.A goleada fez com que a seleção verde e amarela chegasse a 32 jogos de invencibilidade nas eliminatórias, dos quais 27 tiveram Tite como treinador.

Os próximos compromissos de ambas as seleções serão na data de 24 de março, quando o Brasil recebe o Chile e o Paraguai jogará em casa contra o Equador.

Confusão nas arquibancadas

Policiais escoltando os envolvidos. Crédito: Reprodução/GE.

No início da etapa inicial, torcedores começaram uma briga na parte do estádio localizada atrás do gol do goleiro paraguaio. De acordo com o GE, a polícia militar, que agiu rápido para intervir, informou que os envolvidos fazem parte de torcidas organizadas de Atlético-MG e Cruzeiro, principais rivais do futebol Mineiro.

Vinte e três pessoas foram levados a delegacia do estádio e uma precisou ser socorrida.

Crédito foto principal: Reprodução/Conmebol.