Últimas Notícias

Cerapió: piloto encontrado sem vida sofreu infarto

O piloto de motocross Daniel Santos (36) que foi encontrado sem vida enquanto participava de uma das etapas do Rally Cerapió sofreu um infarto agudo do miocárdio. O laudo foi concluído na última sexta-feira (4) e foi encaminhado para a Polícia Civil do Estado, que investigava o caso.

De acordo com a organização da competição, Daniel Santos, que morava na cidade de Nova Venécia (ES), foi encontrado deitado, próximo da moto que estava em pé, com capacete ao lado. O corpo foi localizado em uma área de trilha no distrito de Ubatuba, no município de Granja (CE), divisa com o estado do Piauí.

O atleta participava da competição na modalidade motos e desapareceu no dia 26 de janeiro, quando não voltou ao local de chegada no terceiro dia de provas. Por conta do falecimento do competidor, a última etapa do Rally foi cancelada, assim como a cerimônia de premiação.

Sobre o Rally

Idealizada, em 1987, por Ehrlich Cordão e Galdino Gabriel, a competição surgiu da vontade de criar um enduro de integração, unindo o Ceará e o Piauí. Durante o levantamento do percurso, os idealizadores, ao lado de Franz George, descobriram uma área de terra em litígio entre os dois estados nordestinos, chamada Cerapió ou Piocerá – que deu nome à disputa.

Considerada a maior prova de off-road da América Latina, a competição, que já faz parte do calendário oficial esportivo brasileiro, atrai, todos os anos, mais de 500 participantes do Brasil e do exterior.

Completando, em 2022, 35 anos de existência, o Rally Cerapió vale pela abertura do Campeonato Brasileiro de Rally de Regularidade (CBA) e conta com as seguintes categorias: Carros Master, Carros Graduados, Carros Turismo, Carros Open, UTVs e Quadriciclos.

Foto: Divulgação/Cerapió