Campeonato Brasileiro Masculino

Vagner Mancini se despede do comando do Grêmio

Nesta segunda (14), o Grêmio emitiu um comunicado afirmando que Vagner Mancini não comandará mais a comissão técnica de futebol do clube gaúcho, a decisão ocorreu após o empate em 1×1 com o Juventude pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho de 2022.

O treinador chegou no Grêmio em outubro de 2021, para livrar a equipe do rebaixamento no Brasileirão, o que não ocorreu, com o retrospecto de seis vitórias, dois empates e seis derrotas, o Grêmio terminou na 17ª posição.

Mesmo com a queda, o treinador continuou no comando e nas quatro partidas em que liderou o Grêmio em 2022, todas pelo estadual, não perdeu, somando três triunfos e um empate, mas as atuações não agradaram os torcedores, que gritaram pela sua saída após o jogo de domingo.

Momento da partida entre Grêmio e Juventude. Crédito: Reprodução/Juventude.

Veja a nota gremista na íntegra.

“O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o desligamento do técnico Vagner Mancini e sua comissão técnica, formada pelo auxiliar técnico Regis Angelis; pelo analista de desempenho, Claudio Andrade; e pelo auxiliar de preparação física, Lucas Itaberaba.

O Clube agradece ao profissional pela sua dedicação em sua segunda passagem no comando da equipe e deseja êxito na continuidade da carreira como treinador”.

No total, Mancini deixa o Grêmio na liderança do Gauchão, com 14 pontos, e comandou o time em 18 partidas, com nove vitórias, três empates, seis derrotas e aproveitamento de 55,55%. Essa foi sua segunda passagem pela equipe gaucha, em 14 de fevereiro de 2008, assim como esse ano, também foi demitido invicto na temporada, com quatro vitórias e dois empates.

Outra curiosidade é que sua primeira partida nessa nova passagem ocorreu exatamente contra o Juventude, quando o atual campeão estadual derrotou os jaconeros em casa por 3×2 pelo campeonato brasileiro.