Últimas Notícias

Real Madrid ganha de virada do PSG e se classifica na Liga dos Campeões

O sonho do PSG de conquistar a Liga dos Campeões, nessa temporada, foi interrompida pelo Real Madrid, mais precisamente por obra de Karim Benzema, autor dos três gols da equipe merengue. Mbappé fez o gol dos franceses. A partida foi disputada no Estádio Santiago Bernabeu.

No primeiro jogo, em Paris, o PSG ganhou por 1 a 0 e tinha a vantagem do empate. Diferentemente da postura do Real Madrid quando jogou fora de casa, a equipe comandada por Maurício Pochettino se lançou ao ataque, sabendo que um gol marcado de início, iria trazer mais dificuldades ao Real Madrid para se classificar.

As chances de gol aos 7 e aos 12 minutos do primeiro tempo, com participações marcantes de Mbappé, eram o prenúncio do que iria acontecer. Courtois fez belas defesas nessas tentativas do atacante francês e na tentativa de Neymar, aos 21, defendendo um chute cruzado do atacante brasileiro.

O Real Madrid respondeu com Benzema, aos 24 minutos. A bola saiu à esquerda do gol de Donnarumma.

Messi apagado nas duas partidas. Ao 30, em uma tabela com Neymar, recebeu e tocou por cima de Courtois. A bola correu na frente do gol e ninguém chegou para empurrar para dentro do gol madrilenho. Mbappé fez aos 33 mas estava impedido.

Aos 34 e 36 minutos, Benzema perdeu duas chances para inaugurar o marcador. Uma Donnarumma impediu e a outra jogou para fora. Partida equilibrada!

Mbappé foi decisivo aos 38 minutos. Em belo lançamento de Neymar, o francês caminhou com a bola até a entrada da área e, mesmo sendo acompanhado por Militão, chutou no canto direito e fez 1 a 0.

Acaba o primeiro tempo e poucos acreditavam em uma virada do Real Madrid. Não tinham volume de jogo suficiente para isso e, também, suficiente para entusiasmar seus torcedores.

O improvável aconteceu e de forma histórica. Bem ao estilo do Real Madrid e na dramaticidade vivida pelos franceses na Liga dos Campeões.

O segundo tempo começou agitado e os times entraram com objetivos diferentes: uma para consolidar a classificação e o outro para tentar, pelo menos, levar às penalidades máximas.
Carlos Ancelotti fez duas substituições para empurrar o time ainda mais à frente. Tirou Kross e Asensio e colocou Carnavinga e Rodrygo.

E o atacante francês marcou seu primeiro gol, aos 15 minutos do segundo tempo. Em uma disputa contra Donnarumma, cujo lance é contestado pelos franceses que alegam falta de Benzema sobre o goleiro italiano, a bola foi dominada por Vinícius Jr. que tocou para o atacante madrilenho fazer o gol de empate.

O PSG sentiu o gol de empate. E o Real Madrid foi ao ataque, sem medo de mais nada. Benzema quase fez o segundo em uma cabeçada, aos 18.

Mas aos 30 minutos, não houve vacilo. Em um jogada envolvendo Modric, Vinícius Jr. e Benzema, o segundo gol do time merengue. Benzema em um chute cruzado faz o gol que levaria a partida às penalidades máximas. Quem faz dois, faz três… e demorou só dois minutos para o terceiro gol.

E a zaga parisiense falhou novamente. Marquinhos em uma disputa de bola com Vini Jr, se desesperou e tocou no meio da sua área. Benzema nem pensou duas vezes em chutar de primeira e liquidar as pretensões do PSG.

Di Maria entrou aos 35 minutos para buscar o impossível naquele momento. Dali até o final do jogo, apenas jogadas disputadas mas sem chances claras de gols. Nem mesmo os torcedores merengues acreditavam na classificação.

A trajetória do time galáctico do PSG com Donnarumma, Marquinhos, Verrati, Di Maria, Mbappé, Messi e Neymar na Liga dos Campeões desta temporada, foi interrompida pela equipe mais vitoriosa do torneio.  

As feridas ficarão abertas por um longo tempo. E a primeira baixa pode ser a estrela principal da equipe: Mbappé, que poderá jogar no próprio Real Madrid.

Foto: JAVIER SORIANO / AFP