Últimas Notícias

Cristiano Ronaldo faz hat-trick contra o Tottenham e Manchester United reage no Campeonato Inglês




Os torcedores do Manchester United que estiveram hoje no Old Trafford, não poderiam imaginar o quanto sua maior estrela, Cristiano Ronaldo, iria contribuir à reação da equipe no Campeonato Inglês.

Marcou os três gols da vitória, tornou-se o maior artilheiro da FIFA de todos os tempos em partidas oficiais, recuperou o quarto lugar do campeonato e trouxe esperanças à classificação às quartas de final  Liga dos Campeões, contra o Atlético de Madri, na próxima terça feira, no mesmo Old Trafford.

Depois de ser goleado pelo Manchester City e ser ultrapassado pelo Arsenal na última rodada, o pessimismo era inevitável em obter uma vaga à próxima Liga dos Campeões.

O adversário era o Tottenham. Mesmo não fazendo uma boa campanha no campeonato, além de desclassificado da Liga Europa, possui  um bom elenco de jogadores e costuma aprontar frente às principais equipes.

O Manchester começou se impondo no jogo. Logo aos 8 minutos, numa jogada de Sancho e Cristiano Ronaldo, o atacante português chutou de perna esquerda e a bola bateu no braço esquerdo do zagueiro Dier. O árbitro nada marcou.

Quatro minutos depois, Cristiano Ronaldo parecia voltar aos seus velhos dias de Real Madrid. Recuou na intermediária, recebeu o passe de Fred e acertou um lindo chute, sem chances de defesa ao goleiro Lloris. Começava ali sua brilhante jornada.

O time estava muito à vontade no jogo. Até Pogba, não muito efetivo nas últimas partidas, quase marcou aos 16 minutos. Bom presságio ! Cristiano quase fez seu segundo de cabeça, ao receber um cruzamento de Alex Telles. Era dia do “gajo”.

E o Tottenham acordou aos 26 minutos. Em um escanteio cobrado do Son, Dier cabeceou e Dalot tirou em cima da linha. E o empate veio de pênalti .

Em uma jogada de Kulusevski pelo lado direito do ataque, quando cruzou de perna direita, Alex Telex apareceu e a bola foi em direção ao seu braço. Pênalti cobrado por Harry Kane, sem chances de defesa para De Gea. 1 a 1 !

Durou pouco a alegria dos “spurs”, como são chamados os torcedores do Tottenham. Aos 38, Sancho recebeu pela esquerda e cruzou rapidamente para dentro da área. Cristiano Ronaldo não perdeu tempo em tocar de primeira e fazer o segundo dele e do Manchester United.

O segundo tempo começou e as equipes estavam cada qual com suas aspirações. Uma se lançava ao ataque para empatar e até virar o jogo. Apostavam na irregularidade dos Red Devils na temporada. A outra precisava do terceiro gol para liquidar a partida e tirar um peso do tamanho do planeta dos ombros.

A primeira oportunidade, do segundo tempo,esteve nos pés do coreano Son. Em uma troca de passes entre Kane e Kulusevski, o cruzamento foi direcionado ao atacante Son que, de primeira, chutou à esquerda de De Gea.

Aos vinte minutos, depois de um contra ataque, Cristiano Ronaldo recebeu na entrada da área e fez Lloris fazer grande defesa.

O empate do Tottenham veio em uma jogada bem articulada entre o meio de campo e ataque. Reguilon recebeu pela esquerda, dentro da área e cruzou visando o zagueiro Romero. O zagueiro Maguire tentou cortar e fez contra. 2 a 2 e todos no Old Trafford já pensavam em outra jornada infeliz. Dessa vez, não…

Faltando 10 minutos, escanteio para o Manchester United e bem batido por Alex Telles. Cristiano Ronaldo se antecipou à zaga, subiu e uma cabeçada forte no ângulo esquerdo de De Gea, sacramentava a vitória do Manchester United, seu hat trick e, ainda, quebrava o recorde de gols marcados em partidas oficiais registradas pela FIFA.

A vitória traz tranqüilidade momentânea ao Manchester United. Está em quarto lugar mas com 04 jogos a mais que o Arsenal, quinto lugar no Campeonato.

Na próxima terça-feira, no Old Trafford, contra o Atlético de Madrid, o clube terá oportunidade de classificação às quartas de final da Liga dos Campeões. Outra oportunidade de Cristiano Ronaldo deixar sua marca e continuar fazendo história.

FOTO: DANIEL LEAL / AFP