Últimas Notícias

Atlético Mineiro vence o Cruzeiro e conquista o Tricampeonato Mineiro !

Se há algum clube no Brasil que integra a elite do futebol brasileiro, com excelente elenco de jogadores, bom futebol apresentado e gestão eficiente por parte dos seus dirigentes, ele se chama Clube Atlético Mineiro.

A decisão do Campeonato Mineiro em um único jogo, foi além das expectativas. Bom jogo com muita disposição, nervosismo à flor da pele pelos dois lados, oportunidades de gols criadas, estádio lotado e presença das duas torcidas dividindo todas as dependências do Mineirão.

Aos três minutos de jogo, quase o Atlético Mineiro quase abre o placar. Rafael Cabral sai jogando com os pés e erra. A bola chega para Hulk e ele chuta em cima do goleiro cruzeirense e, no rebote, Keno tenta colocar no canto mas pega fraco para defesa tranqüila de Rafael.
 
Dois minutos depois, Réver travou o atacante Edú , que ser preparava para chutar com o pé esquerdo.

Pedro Castro, volante do Cruzeiro, chutou de fora da área e fez Everson espalmar ao meio da área e antes de qualquer outra intervenção por parte dos atacantes do Galo, o impedimento foi apontado.

A partida seguia com muita marcação e, em grande parte por provocação entre os jogadores. As divididas sempre traziam discussões, empurrões e cartões amarelos. Edú ,William Oliveira e Réver os receberam merecidamente.

Hulk chutou em cima de Rafael aos 29 minutos mas foi apenas um pequeno momento de insatisfação ao atacante do Galo. Um minuto depois, de uma boa troca de passes entre Mariano, Nacho Fernández e Hulk, o atacante girou sobre Eduardo Brock e chutou rasteiro no canto esquerdo de Rafael. A massa atleticana explodiu no Mineirão.

Aos 40 minutos, Hulk entrou na área pedalou e chutou de pé esquerdo e foi travado. Keno e Nacho Fernández, que chegavam no lance, reclamaram com ele merecidamente.

Quatro minutos depois, o Cruzeiro quase empatou. Canesin tocou para Pedro Castro que de “chaleira” tentou pegar Everson de surpresa, que firmemente fez a defesa.

Último lance do primeiro tempo e o Cruzeiro desperdiça chance do empate. Edú,sempre ele, recebe de Canesin e chuta forte para defesa de Everson, que jogou para o lado, tirando qualquer chance de rebote.

Primeiro tempo terminou 1 a 0 para o Atlético Mineiro mas o Cruzeiro fez bem seu papel até esse momento.

Seguno tempo começa e logo aos 08 minutos, falta na lateral do campo de ataque do Cruzeiro. Cruzamento foi ao atacante Edú, que cabeceou por cima. E o Cruzeiro seguia para cima do Atlético Mineiro em busca do empate.

O Gol de Nacho Fernández coroou a atuação do Argentino no jogo. Aos 19 minutos, Hulk tocou para o meia argentino. Ele ameaçou chutar, cortou o zagueiro e ajustou a bola ao seu pé direito. O chute foi forte ,no ângulo, e sem chances de defesa ao goleiro Rafael.

33 minutos do segundo tempo. Depois de uma bobeada da zaga cruzeirente, Hulk dominou a bola , entrou na área e foi derrubado na área por Rafael, goleiro do Cruzeiro. Pênalti que ele mesmo converteu, fez o terceiro do Galo e confirmou o Tri Campenato Mineiro.

Mesmo o gol de cabeça marcado por Edú, aos 43 do segundo tempo, não tirou a certeza da conquista do Tri Campeonato Mineiro.

O Atlético Mineiro começa 2022 com dois títulos no ano (Supercopa do Brasil e Mineiro). As perspectivas são as melhores ao seu torcedor e os adversários,também, já sabem disso.

Foto: Atlético-MG é tricampeão mineiro (Foto: Alessandra Torres/AGIF)