Últimas Notícias

Cordino conquista segundo turno do Campeonato Maranhense

Neste domingo (10), IAPE e Cordino se enfrentaram no estádio Castelão, em São Luís, em partida válida pela final do segundo turno do campeonato maranhense e a onça de Barra do Corda derrotou o Canário da Ilha pelo placar de 3×0, resultado que garantiu para os comandados de Marcinho Guerreiro o troféu do returno e uma vaga na grande decisão do estadual de 2022.  

Aos 10 do primeiro tempo, Edrean, que jogou pelo IAPE na temporada passada, aproveitou a sobra de uma bate-rebate, ocorrido após cruzamento, e finalizou para abrir o placar, aos 39, o autor do gol foi derrubado por Anderson Testa na grande área, Ulisses cobrou e fez o seu sétimo gol na competição, se isolando na artilharia geral.

Disputa de bola entre jogadores de IAPE e Cordino. Crédito: Iury Oliveira/IAPE.

Aos 31 do segundo tempo, Nadson cruzou a bola para a grande área e Paulo Vitor deu uma cabeçada para marcar o terceiro gol da equipe do interior. O Cordino foi campeão do returno com um retrospecto de três vitorias, dois empates e uma derrota, cerca de 62% de aproveitamento.

O último turno de estadual conquistado pelo clube da cidade de Barra do Corda havia sido em 2017, quando após um empate em casa em 0x0, derrotou o Imperatriz por 2×1 fora de casa e conquistou o primeiro turno daquela temporada. Em 2022, a onça vai disputar o título do estado com o Sampaio Corrêa, que venceu o primeiro turno do campeonato maranhense.

Montagem da celebração do título. Credito: Reprodução/Cordino.

Vai ser a quarta vez que as equipes disputarão uma final, nas três primeiras, o tricolor levou a melhor: no segundo turno de 2012, o Sampaio venceu os dois jogos por 1×0 (como visitante) e 4×1 (como mandante), cinco anos depois, tubarão ganhou por 4×1 no segundo turno de 2017 e, na final estadual do mesmo ano, o Sampaio venceu os dois encontros por 2×1.

Além de vaga na decisão, o Cordino também se garantiu nas edições de 2023 das Copa do Brasil e do Nordeste e do Campeonato Brasileiro — Série D, torneios que não disputava desde 2018. Os dois jogos da final ainda vão ser definidos pela FMF (Federação Maranhense de Futebol).

Crédito foto principal: Matheus Soares.